...

...

30/09/2015

Rua do Carmo: Mítica Loja ANA SALAZAR destruída





E foi mais um espaço e arquitectura paradigmatico do séc. XX de Lisboa que cedeu ao peso das agressivas e poderosas marcas internacionais. Para ficar a saber mais do projecto desta loja de 1988 dos Arquitectos Manuel Graça Dias & Egas José Vieira: http://www.contemporanea.com.pt/anasalazar_07.html

Condomínio Privado na Vila Garcia



Já começou a obra na Vila Garcia.

Esperemos que o projeto tenha sido alterado recentemente porque o que vi há uns meses, abaixo, deixa muito a desejar.



OBRIGADO, QUERUBIM LAPA!


29/09/2015

Antigo «Cambista Pina» renasce com bom senso e sensibilidade!







Um bom exemplo de adaptação a novo uso de um antigo espaço comercial do periodo «Lisboa entre Séculos» na Rua de São Paulo. Aplausos aos promotores pela inteligência demosntrada! Assim fosse a "Coporgest" e outras empresas "gordas & mercantilistas" que continuam a fazer o mal de forma ignorante ao nosso património de Lisboa.

FINALMENTE, o adeus ao telão (ilegal) da Politécnica



fotos: TMS

28/09/2015


Aqui existiu um Espaço Público & Verde: Santos-O-Velho












Um breve levantamento fotografico do espaço público & verde em frente da escadaria da Igreja de Santos o Velho. É um cenário cada vez mais característico dos nossos bairros e ruas com "potencial turístico".

Para além do vandalismo de muros e vãos das IS públicas com graffitis, há muito lixo e resíduos de garrafas, copos de plástico, assim como urina, vómito e fezes, (em particular aos fins de semana como bem sabemos).

Os canteiros precisam de uma intervenção séria: perderam a maior parte do solo, por erosão e falta de manutenção ao longo das últimas décadas (agravado pelo recente fenómeno do pisoteio das "noites"); também o coberto vegetal está decadente, desorganizado e parcialmente inexistente. Há que repor o solo em falta e fazer novas plantações, de preferência com plantas capazes de ajudar a fixar o plano inclinado destes canteiros. Uma das árvores em caldeira está morta.

Este pequeno espaço público bem que merece uma intervenção que reponha a dignidade que anteriormente tinha e que nos ultimos anos desapareceu sem que a CML ou a anterior junta de freguesia tivessem respondido de forma capaz. Será que a nova Junta de Freguesia da Estrela vai conseguir fazer este trabalho? Foi isso que já lhes perguntámos. A tarefa não é fácil pois infelizmente há muitos cidadãos a destruir o património público e poucos a cuidar dele...

LISBOA LIXO: pavimentos da Praça da Figueira






Quiosque junto a Chafariz da Esperança / MN/ pedido de esclarecimento à DGPC


Exmo. Senhor
Director-Geral do Património Cultural


Sendo o Chafariz da Esperança, sito no Largo da Esperança, à Avenida D. Carlos I, Monumento Nacional com Zona Especial de Protecção (Decreto n.º 5 DR, 1.ª série-B, n.º 42 de 19.02. 2002), e estando a funcionar desde há algum tempo um quiosque (fotos em anexo), mais respectiva esplanada, nem a 5 metros de distância do referido Monumento, somos a solicitar esclarecimento a V. Exa. sobre se o citado quiosque mereceu aprovação dessa Direcção-Geral.

Sendo o Chafariz da Esperança, sito no Largo da Esperança, à Avenida D. Carlos I, Monumento Nacional com Zona Especial de Protecção (Decreto n.º 5 DR, 1.ª série-B, n.º 42 de 19.02. 2002), e estando a funcionar desde há algum tempo um quiosque (fotos em anexo), mais respectiva esplanada, nem a 5 metros de distância do referido Monumento, somos a solicitar esclarecimento a V. Exa. sobre se a DGPC foi consultada sobre a abertura do referido quiosque, e se deu parecer obrigatório e vinculativo como obriga a Lei do Património.

Na expectativa, subscrevemo-nos com os melhores cumprimentos

Paulo Ferrero, Bernardo Ferreira de Carvalho, Fernando Jorge, Miguel de Sepúlveda Velloso, João Leitão, Jorge Lima, Rui Martins, António Araújo e Fátima Castanheira

C.C. CML, AML, JF Estrela

25/09/2015

Rua do Chão da Feira: TUK-TUK HELL

 ...dois "tuk tuk drivers having a chit-chat" na paragem da Carris...
 pessoas e tuk-tuks (e outros veiculos!) tudo acompanhado de barulho e gazes poluentes!
 ...no final do dia, a rua continua a servir de parque de estacionamento de tuk tuks
 chegam a estar 20 tuk tuks estacionados neste arruamento
Mobilidade pedonal? Transportes Colectivos? Nada de valor quando comparado com o egoismo dos operadores de tuk tuks.