06/04/2021

As árvores morrem de pé

Rua João de Deus, frente ao n.º 9 - Freguesia da Estrela

O tronco de uma árvore morta há largos meses, atesta a inércia manifestada pelas entidades que têm a seu cargo a manutenção dos espaços verdes da nossa cidade, responsabilidade desde 2012 (Lei n.º 56/2012 de 8 de Setembro) repartidas entre a Câmara Municipal de Lisboa e as Juntas de freguesia, numa parceria que nós, cidadãos, não entendemos muito bem e julgamos que as próprias entidades competentes também não estão muito certas. das suas competências.
Gostaríamos de saber o que fazer para repor uma situação que se arrasta há tanto tempo, não obstante os pedidos de substituição já emitidos e que nem mesmo a presente "Pandemia" pode justificar.

João Pinto Soares

Sem comentários: