Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

28/02/2018

Enquanto isso, no Palacete Mendonça, classificado de Interesse Público (edifício e parque)


Enquanto isso, a fundação de lenhadores mais hipócritas do mundo continua a sua bela e "autorizada" obra. Bom, vislumbro que os dragoeiros junto ao betão tenham um "futuro assegurado" (fotos AAS)

4 comentários:

Anónimo disse...

Que arboricídio...

Julio Amorim disse...

Sim....esta "afundação" apresentou-se mesmo em grande. Vai merecer todo o nosso respeito. Entra-se no país dos outros e destrói-se a torto e a direito. Quem manda aqui....é quem paga. O turista de chinelo no pé não fazia mesmo pior. Vistos goldex e gentinha de mau gosto é sempre bem-vinda. No fim da novela, temos a cambada de fato completo (paga com impostos), a despachar a destruição de património único. Esses sim....é que mereciam o que aqui é feio dizer.

Anónimo disse...


Lamentável !

O espírito do local ... eliminado.

Anónimo disse...

Segundo o Expresso, esse grande jornal, o nosso príncipe encantado continua as suas liberalidades para com este seu reino de empréstimo. «Aga Kahn investe em Portugal» (3/3/2018) explica que o palacete Mendonça "sofre obras de recuperação rígidas e vê o seu jardim ser reflorestado". Deve ser o betão da imprescindível garagem que dá a rigidez ao projecto do grande Valsassina. Quanto à reflorestação, o palacete "vê" certamente melhor do que eu.