Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

02/05/2014

Mas, afinal, quanto custa recuperar o Pavilhão Carlos Lopes?


Estruturalmente, estamos a falar de quanto? Recuperação do telhado e restauro das fachadas e dos azulejos, quanto? Podia-se avançar com campanha por fases, antes de qualquer megalomania ou projecto de alterações que destrua a unidade de conjunto, antes de 'invenções' e toques de autor como o eram a alteração prevista na fachada nascente no projecto de 2006. Alguém sabe de quanto estamos a falar?

6 comentários:

Anónimo disse...

Pois, "Recuperação do telhado e restauro das fachadas e dos azulejos" e depois aquilo servia para quê, algo que desse dinheiro a promotores e gente assim?

Anónimo disse...

O fundo perdido é o derradeiro sonho. Recupere-se o pavilhão, de preferência para não servir para coisa nenhuma nem ter receita própria.

Anónimo disse...

Se tivessem visto a reportagem da SIC, teriam visto o vereador Manuel Salgado a dar um preço de 50 milhões para transformar este espaço naquilo que deve ser - um pavilhão com vários usos, com preferência para congressos e desporto (dado que concertos ali sempre foram um horror).

Anónimo disse...

http://sicnoticias.sapo.pt/programas/abandonados/2014-03-10-pavilhao-carlos-lopes-em-lisboa-esta-fechado-ha-mais-de-10-anos

Filipe Melo Sousa disse...

Não ninguém sabe de quanto se está a falar. Para pedir que se gaste dinheiros públicos são todos uns valentes. Quanto custa "é o que for".

Xico205 disse...

Por acaso um dos melhores concertos que fui na minha infância foi o dos Sitiados nesse pavilhão algures entre 1992 e 1994.