Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

08/05/2014

Há cada vez mais lixo na Baixa, Chiado, Bairro Alto e demais 'centro histórico', Senhor Presidente!


Ao Senhor Presidente da CML


C.c. Vereação, AML, JFreguesias, Media

Exmo. Sr. Presidente
Dr. António Costa


Lisboa irá receber em breve a final da Liga dos Campeões em futebol, e com ela a previsível enchente de apoiantes e turistas, com tudo o que daí advirá para a cidade, de bom e de mau.

Considerando que este tema foi por nós analisado em 2012 (http://cidadanialxamb.tripod.com/23Out212higiene.pdf) e sucessivamente apresentado a todos os candidatos às eleições autárquicas de 2013, mas que, infelizmente, apenas mereceu do poder autárquico o habitual silêncio;

Cremos não ser, portanto, altura de voltar a discutir estratégias, mas é seguramente oportuno sugerir um redobrar de atenção à limpeza preventiva e reactiva da cidade neste período de particular afluência de turistas.

Assim, RECOMENDAMOS À CML E ÀS JF AS SEGUINTES MEDIDAS EXTRAORDINÁRIAS, A APLICAR EM TODA A ZONA CENTRAL DA CIDADE E NOS LOCAIS ONDE É PREVISÍVEL UM AJUNTAMENTO DE ADEPTOS DO FUTEBOL (incluindo estações autocarros, fluviais, ferroviárias, aeroporto e zonas de maior presença hoteleira):

PREVENÇÃO SITUACIONAL - ANTES DE 22MAI

1. Limpeza preventiva das lixeiras habituais
2. Remoção preventiva de resíduos de todos os eco-pontos
3. Remoção preventiva de resíduos das papeleiras
4. Lavagem extraordinária de ruas (muitas mereceriam suplemento de detergente)

ACÇÃO E REACÇÃO DURANTE TODO O PERÍODO DE PERMANÊNCIA DOS TURISTAS - DE 22 A 26MAI, INCLUSIVE, SEM QUAISQUER INTERRUPÇÕES

5. Fiscalização intensiva (incluindo repressão) nos locais mais críticos (incluindo Rossio, arruamentos principais e secundários da Baixa, Chiado, Bairro Alto e Cais do Sodré) inviabilizando ou, pelo menos, dificultando a deposição de novas camadas de lixo por parte dos prevaricadores, através dos dispositivos integrais dos serviços e da Polícia Municipal.
6. Aumento de vigilância para evitar que se urine a "cada esquina", como já ocorre nas noites de fim-de-semana.
7. Remoção extraordinária do lixo das papeleiras em pelo menos mais 1 vez por dia.
8. Remoção extraordinária de lixo de Sábado para Domingo e de Domingo para 2ª Fª ena zona central da cidade.
9. Controlo de ratazanas e baratas em consequência da acumulação de lixo.
10. Obrigação dos proprietários de estabelecimentos de restauração em lavar as áreas das esplanadas e os locais onde habitualmente vazam o lixo.


Melhores cumprimentos

Nuno Caiado, Paulo Ferrero, Bernardo Ferreira de Carvalho, Fernando Jorge, João Filipe Guerreiro, Jorge Santos Silva, Alexandre Marques da Cruz, Jorge D. Lopes, Inês Beleza Barreiros, Pedro Henrique Aparício, João Mineiro, Miguel de Sepúlveda Velloso, José Filipe Soares, Luís Marques da Silva, António Branco Almeida, João Pinto Soares, José Fonseca e Costa, Guilherme Pereira, Nuno Franco, Nuno Castro Paiva, Jorge Lima

Anexo: Fotos da zona do Corpo Santo/Cais do Sodré/Rua do Alecrim

23 comentários:

Anónimo disse...

Tende calma, que os Santos Populares estão aí à porta e tudo vai ficar MUITO PIOR.

Anónimo disse...

Fiquei encravado no " Fiscalização intensiva (incluindo repressão)". Como diria alguém que já li aqui, adoro quando lhes cai a máscara.

Anónimo disse...

Ó anónimo, por você também se erradicava os santos populares? Devem ter sonhos com aquelas fotografias de longa exposição dos anos 40 em que não parece andar ninguém na rua. A vossa ideia de uma Lisboa limpa, silenciosa, vazia e morta é assustadora.

Anónimo disse...

E que tal a educação começar em cada um de nós?? abandonar o péssimo hábito(bem português) de cuspir para o chão e deitar fora a beata do cigarro, bem como deitar papéis na calçada portuguesa, tem de começar em cada cidadão...cada um de nós tem de ser um Polícia Municipal e não pôr um polícia em cada esquina

aquimoragente disse...

Este é o cenário cada vez mais habitual durante toda a semana,a acrescer os milhares de frequentadores a beberem em todo o espaço público e a urinarem nas portas de nossas casas.Alguém consegue ainda viver no centro histórico de Lisboa com o mínimo de dignidade?

Filipe Melo Sousa disse...

Recomendam e pedem muito. Limpeza, remoção, lavagem, policiamento. A melhor parte mesmo é onde sugerem que os proprietários (que recebem 10€ por mês)lavem os passeios.

Com o dinheiro dos outros são todos uns valentes a exigir.

Anónimo disse...

Está visto que há quem aprecie uma capital cheia de postos de venda de cerveja e as ruas cheias de copos e garrafas partidas...

Talvez que emigrando para o
terceiro-mundo sinta que é lá a sua casa...

CAP CRÉUS disse...

"Obrigação dos proprietários de estabelecimentos de restauração em lavar as áreas das esplanadas e os locais onde habitualmente vazam o lixo."
Ó Melo Sousa, leia lá outra vez...

Julio Amorim disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Julio Amorim disse...

Pena de todos aqueles civilizados que passam uma vida a aturar estes cenários. Pena que quem nos visite se vá com a ideia de sermos uma sociedade de atrasados....que nem auto financiar a porcaria que faz consegue.

Anónimo disse...

Pena que este blogue seja um desfile de posts bufos quando podia ser tão mais.

Anónimo disse...

"este blogue seja um desfile de posts bufos"

lixo e vandalismo é que é..

Miguel de Sepúlveda Velloso disse...

reagindo ao anónimo das 9.33

pena é que não reconheça que este blogue faz bem mais do que uns "posts" bufos, os quais, na minha vasta experiência da língua portugeusa, não consigo vislumbrar o que possam ser.

Que se incomode com os posts, com a linha editorial, com as vezes que se divulga a desgraça em que LIsboa está mergulhada, e não se incomode, com a mesma veemência, com a selvajaria a que chegou a noite lisboeta, que não se incomode com a apatia com o que os lisboetas acompanham a destruição da sua cidade, que não se incomode com esse tipo de coisas, é que me parece uma verdadiera "bufada" de falta de prioridades e de coerência.

Anónimo disse...

"Posts bufos"

Quem mostra gostar do espectáculo que as fotos documentam, além de incivilizado, é parvo...

Filipe Melo Sousa disse...

Este blog é de facto um dos melhores exemplos do apelo à bufice, ao estilo antiga portuguesa. É ver o desfile de fotos de carros com matrículas. É tentar parar as obras de restauração de edifícios e encontrar um entrave qualquer nas leis e regulamentos para que lisboa continue podre e a cair. E a cereja no bolo é o banner permanente a apelar que se denuncie as obras do vizinho à câmara. E ainda se orgulham de ser bufos!

Miguel de Sepúlveda Velloso disse...

FMS,

Deveria haver um limite para a demagogia fácil e para a aldrabice em forma de comentário. A sua má-vontade, falta de objectividade, argumentos envoltos numa roupagem de cultura fácil e mesquinha, a sua permamente leviandade, levam-no à má-criação.

QUando se comenta um blogue, há um mínimo de regras de civismo que devem ser observadas. Coisa que no seu caso é amplamente posta de lado. Conseguirá o seu intuito de fazer com que alguém reaja aos seus comentários infantis, mal-intencionados. despidos de qualquer gosto por Lisboa e pelo bem público.

Mas de si, já nada há a esperar. Não quer antes gastar o seu utilíssimo tempo em coisas mais promissoras como por exemplo: não comentar este blgoue? Em nada acrescenta ao debate. ninguém o segue, nem ninguém o ouve. É um oráculo a pregar para o vazio. Na Grécia antiga tb houve. Eram abandonados à sua sorte. Coisa que a partir de hoje, a menos que me ofenda outra vez, passarei a fazer.

Filipe Melo Sousa disse...

Estamos aqui claramente a confundir quem é o oráculo. Aqui apela-se à delação, protesta-se contra a pouca renovação urbana que é por motivos fundamentalistas. Quer-se uma cidade sem carros e sem população activa (muito incómoda). Insulta-se os comerciantes chineses, por serem chineses. E quando surge contraditório na caixa de comentários, insulta-se quem pensa de outra forma.

Anónimo disse...

"Um oráculo a pregar para o vazio"". Quanta ironia.

Anónimo disse...

Mas este sr. Filipe Sousa não sabe pensar? Provavelmente não. Para ele não se dizia nada. Deixava-se tudo apodrecer. Para ele é tudo "bufice". Para ele vale tudo no que respeita a obras no edificado. Para ele todos os espaços públicos deviam ser convertidos em lojas dos chineses. Óh homem, cure-se!!

Anónimo disse...

Lisboa, capital do lixo, da má-criação, da falta de vergonha na cara, de gente porca, de falta de civismo e de autoridades de treta.

Anónimo disse...

Se Lisboa é a capital disso tudo, nem sei o que é que cá anda a fazer, anónimo. Talvez a ser ressabiado.

Anónimo disse...

Ou talvez a exigir das pessoas que moram em Lisboa um comportamento bem diferente em relação à sua cidade. E o sr., o que faz por aqui?!

Anónimo disse...

Portanto, o truque é continuar do lado de fora e lavar as mãozinhas com a mesma desculpa de que "os outros" (sempre os outros) são todos uns selvagens, uns porcos ou umas bestas, ao mesmo tempo que se continua a criticar tanto cidadãos, como classe política, como população activa, como estrangeiros, como tudo. Essa táctica do sobranceiro no pedestal funciona bem para quem gosta de tomar banhos diários na miséria. Aliás, se isso fosse desporto, éramos campeões do universo. Não me peçam é para ser como vocês. Triste vida.