...

...

23/12/2015

Lisboa diz adeus a mais um histórico. Palmeira fecha hoje....

Venda do prédio leva ao encerramento da casa aberta há 61 anos. É o adeus aos pastéis 
de bacalhau sempre prontos na hora. Ao balcão ou nas mesas do restaurante A Palmeira,
por estes dias, os clientes não se limitam a comer ou beber. Tiram fotografias, fazem
comentários aos azulejos na parede e à decoração. É assim que os clientes habituais
e os curiosos se despedem da casa típica de Lisboa que fecha hoje portas depois
de 61 anos a servir pastéis de bacalhau sempre quentes ou um prato do "fiel amigo"
diferente todos os dias. O fim de mais esta tasca típica lisboeta foi decretado com
a venda do edifício. "A câmara vendeu o prédio em hasta pública e os novos donos
vão fazer obras, o que nos leva a fechar", conta uma das sócias, Maria do Rosário Carapinha.
Hoje fecha portas para não voltar a abrir - "não fazia sentido mudarmos para outro
espaço e aqui não sabemos quando terminam as obras e qual a ideia do novo dono".
"Tínhamos de entregar o espaço na primeira semana de janeiro e, como vamos
fechar para o Natal, não fazia sentido voltar a abrir", acrescenta Rosarinho, como
é carinhosamente tratada a sócia e filha do fundador do restaurante. A notícia do fim
d" A Palmeira foi sendo dada aos clientes nos últimos dias e depressa se espalhou.
Daí que a azáfama tenha sido mais do que muita. "As pessoas querem despedir-se
do espaço, tiram fotografias e pedem peças da decoração para levar", conta Nuno Silva,
empregado de mesa, na casa há oito anos. Na segunda-feira, ao final da tarde, o
espaço na Rua do Crucifixo estava a abarrotar. Muitos dos frequentadores, além
de clientes, são amigos da casa. Dão ânimo aos funcionários e a Maria do Rosário.
As lágrimas caem com facilidade no rosto de alguns. "É o fim de mais uma das
casas típicas de Lisboa. Estão a acabar com todas", lamentam.
in DN, 2015-12-23

4 comentários:

David Foster disse...

CML, bravo...

Mais um pouco de Lisboa morre. Mais um pouco de quem somos, da nossa identidade desaparece.
Para quê? Porquê?
Quem fica a ganhar com tudo isto?
Lisboa?

Vasco disse...

O edifício vai ser reabilitado. O projecto chama-se "crucifixo 75" e está no site da "ativore" com imagens e plantas.

Anónimo disse...

Obrigado Vasco. Fui procurar no site, está aqui:
http://ativore.com/investimentos/lisboa-lisboa-crucifixo-75/

JOÃO BARRETA disse...

IRONIA(S) DA(S) BAIXA(S)!!!!!!!!!!

SE NADA SE FIZER ATÉ LÁ, UM PROJETO INTERESSANTE PARA DAQUI A 50 OU 100 ANOS PODERÁ SER A CRIAÇÃO DE UM “PARQUE TEMÁTICO”, EM PLENA BAIXA/CHIADO, CUJO TEMA, EM VEZ DE SER A DISNEY, OS SIMPSONS OU A GUERRA DAS ESTRELAS, PODERÁ MUITO BEM SER O COMÉRCIO E A RESTAURAÇÃO TRADICIONAIS DOS SÉCULO XIX E XX. CRIAVAM-SE RÉPLICAS DOS “ANTIGOS” ESTABELECIMENTOS E … VÃO VER O CHAMARIZ QUE TAL CRIARIA NA BAIXA/CHIADO!!!!! MAS SÓ DAQUI A 50 OU 100 ANOS (…) PARA JÁ, NÃO SE ESTRAGUE MAIS!!!!