...

...

12/12/2015

Como deixámos isto acontecer


Chegado por e-mail:

«A mediocridade dos arquitectos só é suplantada pela passividade de um gabinete que continua a destruir Lisboa, ainda para mais numa zona "CIP":

https://www.google.pt/maps/@38.7233061,-9.1468949,3a,75y,74.34h,98.46t/data=!3m6!1e1!3m4!1sbwzlN2TRdjK0rz3cYHC3Aw!2e0!7i13312!8i6656

Ora vejam o que se projecta para o local do mal fadado edifício:

Martim Galamba»

6 comentários:

Anónimo disse...

E mesmo muito difícil de compreender

Anónimo disse...

Que vergonha

Unknown disse...

Independentemente de ser interessante ou não, quer parecer-me que os senhores continuam a viver no passado.........

MP Carvalho disse...

Em relação ao comentário anterior ... parece-me que se viver no presente é fazer "isto", então eu também quero voltar ao passado

Anónimo disse...

Viver no passado?! Lol.

Acho que todas as capitais europeias, ditas civilizadas, que respeitam e valorizam o seu património vivem no passado então.

Viva monos estilo Baixa da Banheira.

Anónimo disse...

Como deixaram acontecer? As rendas congeladas foi uma das razões, mas existem mais.