...

...

18/12/2015

Museu do Teatro Romano de Lisboa

 (do lado esquerdo, o imóvel municipal em pré ruína)






Sem dúvida, um dos museus mais interessantes de Lisboa mas também um dos que tem recebido menos atenção e fundos da CML. Apesar das significativas melhorias recentemente feitas, a verdade é que as ruínas ainda se encontram "tapadas" com uma cobertura "temporária"; toda aquela área está a gritar por um projecto de arquitectura que qualifique o monumento; também é preciso dar ao museu um pequeno auditório e novos espaços de gabinetes de trabalho - para isso basta que a CML trate de investir num imóvel municipal mesmo encostado ao museu e que se encontra em degradação profunda, quase uma ruína! Para apoiar este museu, ajudaria que mais lisboetas o fossem visitar - e a visita bem que merece a pena!
Rua de São Mamede 1 (propriedade da CML)

1 comentário:

Anónimo disse...


Lisboa , além de Roma, é a única capital europeia com ruínas significativas de um Teatro Romano, e até diferente da maioria, por ter uma arcada na face voltada ao Tejo.
A identidade romana do país não deve ser ocultada, é boa parte da nossa matriz cultural e linguística, e não só nossa, como de muitos milhões de brasileiros e africanos.
Assim, impõe-se a continuação e alargamento das prospeções arqueológicas e a recolocação de colunas e restauro de bancadas.
E nesta última intervenção também é criticável a exagerada pintura tipo grafiti na vedação. Porquê não reproduzir reconstituições nessa vedação ??
E a ausência de material para venda, nem uns pequenos livrinhos sobre o Teatro e a Lisboa Romana com a sua Muralha (que também se conservou, incorretamente chamada de "moura"), com tantas centenas de milhões gastos pela CML em BETÃO, é lamentável, e um acto de lesa cultura e de obscurantismo.