Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

31/01/2018

Estátua de D. Sebastião - Estação do Rossio - Pedido de esclarecimentos


À atenção da Infraestruturas de Portugal (Património)

Exmos. Senhores


Face às várias notícias vindas a público, até agora nunca concretizadas, sobre a recolocação da estátua atribuída a D. Sebastião no nicho da fachada principal da Estação do Rossio, somos a solicitar o melhor esclarecimento de V. Exas. quanto à data efectiva dessa recolocação, e se a mesma utilizará a estátua restaurada ou a réplica existente no Instituto Gama Pinto.

Com os melhores cumprimentos

Paulo Ferrero, Bernardo Ferreira de Carvalho e Júlio Amorim

Fotos: Jornal Público e Infraestruturas de Portugal

3 comentários:

Anónimo disse...

A estátua de D. Sebastião foi destruída por um curioso que resolveu subir ao nicho onde ela estava e nada lhe aconteceu. Não se entende como, passados já uns largos meses, a situação não esteja resolvida. Se os cacos não permitem refazer a estátua, então pegue-se no modelo que parece existir no Instituto Gama Pinto e contrate-se um artista que faça uma réplica da estátua, mais sólida, para colocar no local onde estava a original. Já agora, procure-se que a mesma fique devidamente segura para não voltar a ser vítima do vandalismo de um outro idiota que se fique a rir do seu feito.
Actualmente, a Estação do Rossio parece ser propriedade da empresa Infraestruturas de Portugal, SA a qual deve poder pagar a encomenda desta peça, pois não deve agravar substancialmente as suas contas.
O velho costume de não se reparar o que se estraga não tem dignificado a cidade, cujo centro pombalino se deseja ver classificado como Património da Humanidade.
José Honorato Ferreira

Anónimo disse...


Concordo, e é urgente.

Julio Amorim disse...

QUALQUER escultura de pedra que se parta em "cacos" é sempre recuperável. Quanto à anterior segurança da mesma....podemos estar felizes por alguém não se ter aleijado ou coisa ainda pior.