...

...

15/02/2017

Valha-nos que há quem "ame" o legado de Pardal Monteiro!


E como o amor não tem barreiras, eis o que a Prologica (c/proj do arq. Pedro Carrilho) acaba de submeter à CML para aprovação! Lindo, o amor de ambos pelo legado de Porfírio Pardal Monteiro! Que a CML chumbe este aborto, com rapidez e dureza, por favor.

8 comentários:

Julio Amorim disse...

Não vão chumbar nada Paulo. Há uns anos passados alertou-se por aqui que o modernismo estava na lista de espera para estes saltos mortais. Mas já não está....

LuisY disse...

Espero que prevaleça algum bom senso e chumbem esse projecto.

E que me dizem desta mania que há agora na arquitectura de fazer superfícies todas em cinzento?

Cinzento numa cidade como Lisboa? Francamente!!

Anónimo disse...

Dp dos edifícios pombalinos era só uma questão de tempo até os ovnis de zinco aterrarem em prédios deste estilo..

MrX disse...

Belo capacete!

Anónimo disse...

Este projeto sofre de uma evidente falta de sintonia, entre a ampliação e o edifício original. É uma questão de falta de harmonia e de proporções adequadas. É mais uma manobra de especulação imobiliária...

Anónimo disse...

Belo capacete mesmo! Só é pena nem o modelo, nem as proporções assentarem bem no original.

Julio Amorim disse...

Pardal Monteiro acentuou a horizontalidade. O artista do capacete fez birra e acentuou o contrário. Enfim é o que temos....

Anónimo disse...

Não foi você que aprovou.
Uma estátua ainda não.
Mas um busto, ou talvez o nome na toponímia da Cidade já merece.
MANUEL SALGADO.