...

...

09/02/2017

Plano de Urbanização de Alcântara - Edifício principal da antiga fábrica Sidul (Alcântara) - pedido de esclarecimentos à CML


Exmo. Senhor Vereador
Arquitecto Manuel Salgado

C.C. PCML, AML, DGPC e media

No seguimento de notícias vindas a público alusiva à entrada para apreciação na CML de um projecto de urbanização da autoria do arq. Frederico Valsassina para os terrenos das antigas instalações fabris da Sidul, em Alcântara, e considerando o manifesto interesse patrimonial do edifício sito na Avenida da Índia, nº 30, praticamente o único edifício ainda existente do resto do completo industrial demolido há cerca de 15 anos, edifício, aliás, que foi considerado inicialmente como sendo um imóvel a manter no master plan (http://www.suakay.com/projecto.php?pid=230&sid=41&ssid=112) então concebido por Sua Kay para o mesmo local;

Constatamos que o edifício em causa, para além de não ser objecto de nenhuma cláusula de salvaguarda em Inventário Municipal, encontra-se num lote sob as directrizes do Plano de Urbanização de Alcântara onde apenas constam planos de construção nova.

Desta forma, solicitamos a V. Exa. que nos informe quais as intenções de facto da CML para este edifício, ou seja, se aprovou ou não a demolição integral deste notável edifício de arquitectura industrial, repetindo a má prática de há 15 anos. A nosso ver, a salvaguarda do edifício é perfeitamente compatível com a ideia de construção nova nos terrenos adjacentes tendo em consideração a ampla área do lote, que resultou das demolições já referidas. Seria lamentável que continuasse a destruir o já raro património industrial da cidade.

Assim, solicitamos que se façam os maiores esforços de V. Exa. e da CML no sentido da preservação do imóvel em causa.

Com os melhores cumprimentos


Filipe Teixeira, Paulo Ferrero, Bernardo Ferreira de Carvalho, Miguel Atanázio Carvalho, Miguel Lopes Oliveira, Inês Beleza Barreiros, Miguel de Sepúlveda Velloso, João Oliveira Leonardo, Fátima Castanheira, Júlio Amorim, Fernando Jorge, Beatriz Empis, Fernando Silva Grade

1 comentário:

Anónimo disse...

Quantos Planos existem ou existiram para Alcântara ?
O PDM dá cobertura ao Hospital da CUF, dará assim cobertura a esse imenso espaço.
Quantas Alcântaras existem ?
A do MAR não dialoga com a da TERRA ?
Onde estão os Urbanistas e os Planeadores da Capital ?
Esses brilhantes premiados não têm agora uma palavra ?
Aqui há Pardal.