Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

27/09/2017

Associação de Alfama recorre à Justiça para travar Museu Judaico


In Público, por João Pedro Pincha (27.9.2017)

«Moradores e comerciantes estão contra a instalação do museu no Largo de São Miguel. Cancelamento de reunião foi a gota de água.

A Associação do Património e População de Alfama (APPA) apresentou uma providência cautelar para travar a construção do Museu Judaico no Largo de São Miguel. Há já muitos meses que a associação vem dizendo que considera que aquele largo de Alfama é um sítio desadequado à instalação do museu, mas a Câmara Municipal de Lisboa tem-se mostrado inflexível. [...]»

2 comentários:

Anónimo disse...

E afinal o que é feito do apregoado diálogo? Quem não dialogou, em tempo, foi o executivo da CML. Não é aceitável que queira impor o facto consumado, quando não geriu bem o processo e assegurando a partecipação de todas as partes envolvidas. Assim Fernando Medina não merece confiança.

Anónimo disse...

Não foi assegurado, como se impunha, o princípio da participação, conforme dispõe o art. 12.º do Código do Procedimento Administrativo. Possivelmente a operação é suscetível de ser anulada.