Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

05/04/2014

Nova sede da EDP rouba vista do Tejo

A nova sede da EDP em construção na Av. 24 de Julho irá roubar um pedaço de Tejo como se vê nesta imagem tirada esta semana do Miradouro de Santa Catarina. Durante o periodo de consulta pública o Fórum Cidadania Lx alertou para este problema - mas nem a CML nem a AML fizeram alguma coisa para o prevenir. De que vale falar tanto dos miradouros de Lisboa (e investir milhões de euros na sua remodelação) quando depois é isto que se faz ao sistema de vistas!? O chamado aterro da Boavista, onde se abriu a Av. 24 de Julho, não deveria receber edifícos de cercea mais alta do que a dos armazéns e prédios dos finais do séc. XIX que lá estão. Mas a vaidade da EDP, associada à vaidade do Atelier Aires Mateus e à fraqueza da CML / AML, dão estes resultados nefastos para a capital.

9 comentários:

Anónimo disse...

Fazia parte de um dos três miradouros com melhor vista!
Só superado pelo do Castelo e o da Sra do Monte.

É de referir também o estado lastimável do piso deste miradouro!
Sempre cheio de sujidade:
Garrafas de cerveja, refrigerantes, copos de plástico, manchas pretas de álcool (e sabe se lá que mais),grafites, tags, lixo...

Um autêntico antro!

Anónimo disse...

Se acha isto mau, então espere para ver a vista das portas do sol com 5 navios de cruzeiro parados à frente. É que nem se vê o rio Tejo...

Anónimo disse...

Mas os navios vêm e vão...

Anónimo disse...

Os edificios também. É só uma questão de esperar mais tempo...

Anónimo disse...

A EDP manda muito. Manda, por exemplo, no governo. Por que não havia de mandar na CML?

Anónimo disse...

Por essa lógica qualquer edifício tapa as vistas daquele que está mais atrás e assim sucessivamente. Nessa fotografia focam-se num determinado ponto. A vista desde miradouro é mais abrangente do que aquilo que aparece na foto. Esse novo edifício da EDP tem 2 volumes laterais perpendiculares ao rio com um espaço vazio ao centro que dá continuidade às vistas. Sem esquecer que o prédio feio amarelo que está mais atrás será demolido.

Anónimo disse...

Pronto! Tinham que estragar este lugar mítico!

"Ir ver navios ao alto de Santa Catarina.

E olhavam a barra, à espera do que viesse.
Quem poderia entrar pela barra...
Outros esperavam para ver quando é que o rei voltava.
A esquadra tinha saído e levava o Rei, a Corte, os Tribunais, a Nobreza, os Proprietários para o Brasil, e muita gente esperava, ansiosamente, à espera que El-Rei voltasse.
E ainda houve os que foram para ali durante muito tempo, durante muito tempo... Esperando que na névoa de alguma manhã, rompesse a barra, o navio de lenda que havia de trazer a bordo El-Rei Dom Sebastião"

Horizontes da Memória

A partir do Minuto: 14:50

http://www.youtube.com/watch?v=hdyN4yVHk6o

José Batista disse...

O edifício vai ser lindo, o Mirador ficou muito melhor, com a substituição da calçada.
Nas capitais, nem em todos os ângulos se pode ter vista para o Tejo.

O PIOR DE LISBOA É A CALÇADA SOLTA POR TODA A CIDADE, AS CASAS A CAIR DE VELHAS E OS GRAFITTIS.

Anónimo disse...

"O Mirador ficou muito melhor, com a substituição da calçada."

Se para si, melhor, significa ter um piso cheio de grafites e todo o tipo de sujidade, de facto ficou muito melhor...
E durante a noite a iluminação ofuscante dá o toque final, não fosse durante o dia o aspecto estético dos mesmos falhar!