17/04/2013

ELEVADOR DA BICA, MONUMENTO NACIONAL "DEPOIS DA CATÁSTROFE"

Amanhã, Dia International dos Monumentos e Sítios, o Elevador da Bica estará assim... tal como os Elevadores da Glória, Lavra, todos classificados «MN»... Lisboa, Feia, Porca e Má.














11 comentários:

Anónimo disse...

Surreal!!!

Anónimo disse...

Absolutamente pavoroso. E que raio de turistas poderão apreciar aquilo?

Anónimo disse...

custa assim tanto mandar limpar aquilo????

Manuel Marques disse...

Já era altura de haver mão pesada para os vândalos que andam a sujar a nossa cidade. Vergonhosa a forma desleixada como Lisboa se apresenta!

Manuel Marques disse...

Não é só uma questão de mandar limpar. No dia seguinte está novamente tudo vandalizado pelos pseudo artistas. Tem de haver mão pesada sobre estes inúteis!!

Pedro disse...

A solução é criar penas pesadas para estes actos de vandalismo e alteração do património e a utilização de câmaras de vigilância para dissuadir estes actos repugnantes.
Ao mesmo tempo, criar locais para que este tio de arte seja mostrada. Não haverá espaços em Lisboa para tal?

Anónimo disse...

É tapar o sol com a peneira considerar que se resolve o problema com o endurecimento das punições. Como, muito bem, perguntava o Anónimo das 12:42, parece que em Lisboa, principalmente a CML, tem vindo a revelar grande dificuldade em articular os verbos limpar, manter, cuidar, tratar, conservar. Isso confirma-se também, com os buracos nos passeios, nas estradas, a falta de manutenção dos parques, património ao abandono, lixo no chão, mobiliário deteriorado um pouco por todo o lado, é certo que algum por vandalismo mas muito, mesmo muito, por desgaste natural. Revela-se aqui uma opção politica que privilegia os projectos e ideias novas que dão direito a noticias de destaque nos media e deixam marca e nome na história da cidade. Ainda que, por vezes, sejam marcas que Lisboa e as suas gentes não se orgulhem. No fundo, são uma espécie de "tag's" marcas com nome, praticados por políticos e dirigentes que só querem é aparecer, a poluírem a cidade com as suas ideias e projectos desenquadrados da realidade, megalómanos, mal sustentados tecnicamente, sem suporte social local, regra geral mal copiados de algum caso de sucesso no estrangeiro ou um ideia retirada de algum fórum cujo o titulo inclua as palavras: futuro, perspectivas, oportunidades... enfim, é a cultura politica dominante que temos.

João Fernandes disse...

O problema aqui é vandalismo e necessidade da PSP dar umas valentes vergastadas nas costas de quem anda a cometer estes crimes .... se forem menores podem dar-lhes uns açoites. Tenho assistido à luta titânica da Carris com estes criminosos ... quantas vezes já os elevadores históricos foram limpos e quantas vezes depois foram vandalizados ? Sugiro talvez uma vigilância disfarçada aos mesmos durante a noite nas semanas seguintes à sua limpeza !! O mesmo para os muros e paredes ... que são limpas com relativa frequência ... lembrem-se que isto não é tão barato de fazer, especialmente quando se trata nem a pedra escapa .

Anónimo disse...

Foi há poucos meses que o elevador sofreu uma demorada reabilitação e já está assim? Dinheiro deitado à rua, na falta de outras medidas que não há meio de serem tomadas.

Paulo Nunes disse...

Eu voto em graffitar os graffiteiros.

Anónimo disse...

E eu voto naquelas medidas que se aplicam em países como a China e Médio Oriente.