Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

17/12/2013

Paisagens de Lisboa enchem de cor o túnel pedonal de Alcântara


In Público (17.12.2013)
Por Marisa Soares

«Passagem subterrânea de acesso à estação da CP de Alcântara, em Lisboa, já está de cara lavada. Mas ainda há retoques por fazer. A Associação Portuguesa de Arte Urbana aceita voluntários para acabar de pintar o que falta.

Uns passam a correr e olham de relance, outros abrandam o passo e apreciam devagar. Há quem pare para tirar fotografias a “espreitar” pelo binóculo do miradouro de S. Pedro de Alcântara, pintado na parede. Tem sido assim desde Agosto, quando a Associação Portuguesa de Arte Urbana (Apaurb) começou a pintar o túnel pedonal de Alcântara, em Lisboa. A intervenção está quase pronta, com a ajuda de mais de 400 voluntários. Mas ainda há trabalho a fazer.

A passagem subterrânea sob a Avenida da Índia e a via férrea, que dá acesso à estação ferroviária de Alcântara-Mar e à zona das docas, está de cara lavada. E maquilhada. Nas paredes, os rabiscos imperceptíveis e a sujidade deram lugar a painéis de arte urbana, com desenhos das paisagens, monumentos e edifícios mais emblemáticos da cidade. Está lá tudo: desde a Ponte 25 de Abril ao Aqueduto das Águas Livres, passando pela Torre de Belém, pelo Museu do Oriente, pelo Castelo de São Jorge, pelos cacilheiros a navegar no Tejo e pelos eléctricos “amarelinhos”, entre outras imagens de marca da cidade. E até evocações dos murais revolucionários do pós-25 de Abril. [...]»

3 comentários:

Miguel de Sepúlveda Velloso disse...

Boa. Ainda há quem se mexa para melhorar Lisboa. merece a cidade e merecemos nós.

Cristina disse...

Finalmente!
Aquela passagem estava mesmo a precisar. Antes era um susto!

O Caldeirão e a Colher de Pau

Anónimo disse...

Ainda me lembro de naquela passagem haver lojas e até um café/snack-bar/pastelaria com uma espécie de esplanada...

Tenho é a vaga suspeita de que os arranjos de hoje, mesmo deixando a passagem longe do que já foi, estarão grafitados e vandalizados em menos de nada.