...

...

29/07/2016

Av. Gago Coutinho em Lisboa


Chegado por e-mail:

«para gab.presidente, Policia, rita.folgosa, nucleo.acessib.

Ex.mo. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Dr. Fernando Medina

Queremos vivamente repudiar a aberrão jurídico-pedonal, que a autarquia elaborou para a Av. Gago Coutinho.

Recordamos, que de acordo com o ponto 1.1 da Carta Municipal de Direitos dos Peões, aprovada pela autarquia, os peões têm "direito à livre circulação com passeios isentos de viaturas estacionadas ou outros objectos que pelas suas características ou dimensões dificultem ou impeçam a passagem de peões".

Converter um passeio em estacionamento, é por conseguinte, uma aberração jurídica e viola de forma gritante a referida carta aprovada pela edilidade, considerando que de facto e não de jure, a zona continua a ser um passeio. É também uma autêntica aberração no campo da mobilidade pedonal, pois muitos dos veículos automóveis não respeitam sequer um espaço mínimo entre as paredes dos edifícios, ficando impossível a passagem de cadeiras de rodas ou carrinhos de bebés, já para não mencionar o total desrespeito que esta solução preconiza para pessoas com mobilidade reduzida ou invisuais.

Logo rogamos, o mais cedo quanto possível, a simples remoção da referida sinalética. Se a autarquia não tem a coragem política necessária para erradicar o estacionamento selvático na referida avenida, preservai simplesmente V. Exa. o status quo da referida situação, arcando politicamente com a consequência jurídica que tal situação selvática acarreta, ou seja, uma ilegalidade gritante e generalizada, à luz da alínea f) do n.º 1 do art.º 49.º do Código da Estrada.

Ex.mo. Sr. Presidente,
os nossos melhores cumprimentos e saudações pedonais, porque peões somo-los todos.

Passeio Livre
passeiolivre.org»

11 comentários:

Julio Amorim disse...

Sim...uma pouca vergonha esta avenida !

MrX disse...

E é esta uma avenida que liga o aeroporto ao centro da cidade, é a bela imagem que passamos.

MP Carvalho disse...

A falta de interesse por corrigir o que está mal é gritante .. mas para que servem as juntas de freguesia ?

Filipe Melo Sousa disse...

onde sugere então o autor do post que os carros passem a estacionar?

Anónimo disse...


Então por onde anda o Arq. Manuel Salgado ??

Como é simples de acabar com isto, sem OBRAS E sem MUITO DINHEIRO, já nada se faz !!!!

Basta diminuir uma das faixas, e acabar com esta auto-estrada no meio da cidade !!!!

Anónimo disse...

Pouca vergonha?

Soluções para o estacionamento ?

Com as contas bem feitas, entre o abate e as viaturas que entram em circulação todos os anos. Multiplicando e dividindo pelo espaço disponível, que soluções aponta o amigo Júlio ?

Anónimo disse...

Os passeios de Lisboa tornaram-se em estacionamentos de asnos!E aqueles que o consentem, ainda mais asnos sao!

Anónimo disse...


SIMPLES de resolver, e SEM OBRAS: menos uma faixa de cada lado nesta auto estrada citadina e estacionamento normal.

Alexandre Bastos Gomes disse...

Como residente na Av já me insurgi junto da Câmara sobre este estacionamento terceiro-mundista por ela incentivado, mas sem resultado

Anónimo disse...

E porque não exportar o modelo para outras cidades ?
Os interessados irão pedir também os arquitectos destas invenções.
E nós pimba.
Não nos vamos opor que emigrem com os seus saberes em planeamento urbano.
É assim na Holanda?

Filipe Melo Sousa disse...

https://www.google.nl/maps/@52.0718547,4.3509046,3a,75y,113.5h,83.17t/data=!3m6!1e1!3m4!1s8qfrKsc2rf5Jptd8y_pOiA!2e0!7i13312!8i6656?hl=en

Na Holanda não faltam exemplos de falta de estacionamento. E digamos que era um bocado aberrante não haver onde estacionar ao longo de toda a Gago Coutinho