...

...

27/07/2016

Um caso exemplar de defesa de Lisboa

A "Ginjinha sem Rival", provisoriamente na rua, onde ainda vende os seus belíssimos néctares.

Bem estiveram os lisboetas que lutaram por esta loja centenária, a CML que pressionou o promotor a integrar este "botequim" no seu projecto, os donos que não arredaram pé, o novo proprietário do imóvel que, porventura, soube ver na presença do "Eduardino" uma mais-valia para o seu empreendimento.

Na Rua das Portas de Santo Antão manter-se-á uma das lojas mais emblemáticas da capital. O que é, evidentemente, motivo para aplauso.




2 comentários:

Alvaro Pereira disse...

Muito bem!

MP Carvalho disse...

clap, clap, clap