...

...

19/12/2016

MAIS ÁRVORES PARA LISBOA


Santos e Av. 24 de Julho, conforme prometido, têm agora mais árvores. Será que esta situação reflecte a mudança de atitude da Câmara Municipal de Lisboa e dos Lisboetas face à forma de encarar Lisboa como uma capital Europeia mais amiga do ambiente e da qualidade de vida dos seus moradores?


João Pinto Soares

6 comentários:

Pedro Paradela disse...

Curiosamente viram o plano para o Eixo Central e peroraram até ao fim sobre 3 árvores abatidas quando já estão a ser plantadas dezenas. Espero que a mudança de atitude também seja vossa.

Paulo Ferrero disse...

LOL, Pedro Paradela.

Anónimo disse...

E quantas destas "dezenas/centenas" de árvores que têm vindo a ser plantadas em caldeiras vazias e em tudo o que é espaço requalificado, acabam por morrer durante o verão por falta de rega? Ah pois, onde é que eu já vi isto...

Anónimo disse...

A plantação de novas árvores no Eixo Central, não apaga a memória das árvores monumentais - Património Natural da cidade de Lisboa - , que foram abatidas sem necessidade.

Pinto Soares

Rosa disse...

Não chega plantar é preciso respeitar e cuidar e isso é impossível numa cidade que se recusa a cumprir ou aprovar um regulamento municipal do arvoredo. Todas estas novas árvores estão, infelizmente, condenadas a ser mal tratadas.

Anónimo disse...

"Foram abatidas sem necessidad" - errado, a não ser que o objectivo fosse ter ciclistas a esbarrar em troncos de árvore.