...

...

11/04/2016

Canteiros da Avenida da Liberdade


Exmos. Senhores
Vereador Vereador Sá Fernandes e
Presidente da Junta de Freguesia de Santo António
Sr. Vasco Morgado Jr.


​Serve o presente para solicitar a V. Exas. esclarecimentos sobre os motivos pelos quais os canteiros da Avenida da Liberdade se encontram neste estado deplorável, indignos da mais importante avenida de Lisboa, que é também o centro do chamado turismo de luxo na capital.

Melhores cumprimentos

Paulo Ferrero, Bernardo Ferreira de Carvalho e Fernando Jorge​

6 comentários:

Filipe Melo Sousa disse...

não há dinheiro

MP Carvalho disse...

E já agora .. perguntar pelas caldeiras das árvores sem grelha metálica de proteção, irregulares, cheias de lixo ... e pode-se é também já agora, alargar a pergunta à vizinha junta de freguesia que abrange o não menos turístico Chiado

Anónimo disse...

O motivo chama-se ... vandalismo e desleixo!

Anónimo disse...

A Avenida da Liberdade não foi considerada espaço verde estruturante, os quais foram definidos pela Deliberação n.º 6/AML/2014 da Assembleia Municipal de Lisboa, pelo que a sua manutenção é da competência da Junta de Freguesia.

Sugerimos que a Junta de Freguesia de São José, elaborasse com contrato com uma firma que se encarregasse do arrnanjo dos canteiros, em vez de despender verbas com a mutilação do arvoredo decorrente das sucessivas podas que o vão
descaracterizando.

João Pinto Soares

Anónimo disse...

"não há dinheiro"

Mas há dinheiro para transformarem o Miradouro/Jardim do Torel numa Urban Beach!

Pois..

Anónimo disse...

Essa "urban beach" foi toda paga com sponsors.