...

...

04/04/2016

Governo investe 1400 milhões em reabilitação e compra de património


In Público (4.4.2016)
Por INÊS BOAVENTURA

«Câmara de Lisboa diz que “é indispensável” corrigir o regime fiscal do alojamento local, para que este deixe de ser “mais favorável” do que o arrendamento para habitação

O Governo vai investir, através do Fundo de Estabilização Financeira da Segurança Social, 1400 milhões de euros na recuperação de património público e na aquisição, para reabilitação e arrendamento, de património privado.

Isso mesmo foi avançado pelo primeiro-ministro, que falava esta segunda-feira na sessão de abertura da III Semana da Reabilitação Urbana de Lisboa. Na sua intervenção, António Costa sublinhou a necessidade de haver no país “uma nova geração de políticas de reabilitação e de habitação” e lamentou que até aqui não tenha existido “uma política pública integrada” nessas áreas.

Para o governante, a aposta na reabilitação urbana “terá de ter uma forte componente de promoção da oferta de habitação para arrendamento acessível, de modo a chegar a uma faixa importante da população que hoje se encontra excluída do mercado habitacional por razões financeiras”.[...]»

2 comentários:

Filipe Melo Sousa disse...

Desde a primeira república que o estado "investe" na recuperação dos edifícios. Com resultados à vista

Vasco disse...

Boa! :D