...

...

13/04/2015

Estacionamento na Calçada do Galvão


Chegado por e-mail:

«O estacionamento nos passeios da Calçada do Galvão é recorrente.
Quem, como nós, vem com um carrinho de bebé tem de contornar diversas vezes o passeio. Não só estacionam no passeio, como não deixam espaço entre o carro e a parede para a passagem de cadeiras de bebé ou de cadeirantes.
Foto em anexo tirada ontem (domingo).
Cordialmente,
Marco Vicente

6 comentários:

Zipper disse...

Eu teria vandalizado o automóvel, como já fiz diversas vezes.

Anónimo disse...

Ou pelo menos deixar o autocolante do passeio livre.

Anónimo disse...

Nem mais zipper.

Se eles vandalizam o nosso passeio PÚBLICO, por que é que nós não havemos de vandalizar o transporte PRIVADO do infractor..

Anónimo disse...

Queriam que um "menino" ou "menina" que tem um Audi daqueles fosse estacionar fora do passeio?!
Coitadinho do Audi A6.
A câmara nada fiscaliza, e nada quer fiscalizar. Há muitos interesses na câmara de Lisboa que não deixam nada avançar. Muitos mais do que aquilo que se pensa.
Talvez seja por isso que temos a porcaria de cidade que temos, onde os que não querem cumprir a lei e vivem às custas dos outras reinam, e aqueles que são cumpridores e fazem bem mais do que a sua parte de cidadania são enxovalhados e tratados como lixo.
Não me refiro a ricos e pobres. Refiro-me a gente sem escrúpulos e que vive às custas do trabalho, esforço, sacrifício e cidadania dos demais. Há gente assim pobre e rica. Os portugueses têm de uma vez por todas de fazer alguma coisa para mudar isto. Senão desaparecem ingloriamente como povo.

Anónimo disse...

Em vez de pensarem em vandalismos, porque não exigem das autoridades que atuem?! Afinal não é para isso que pagamos os nossos impostos, incluindo o famigerado IMI??!!

Filipe disse...

Este problema na Calçada do Galvão é diário e vai desde o Largo dos Jerónimos até ao cruzamento com a Rua do Jardim Botânico e Rua Gonçalves Zarco.