...

...

27/04/2015

Protesto-desilusão pela demolição da Barbearia Campos/ Largo-do-Chiado-4-7


Exmo. Senhor Presidente
Dr. Fernando Medina,
Exmo. Senhor Vereador
Arq. Manuel Salgado,
Exma. Senhora Vereadora
Dra. Catarina Vaz Pinto


Cc. AML, JF e Media

Serve o presente para apresentarmos a V. Exas. o nosso protesto e manifestarmos a nossa desilusão para com a CML pela forma como consentiu, dando antes a entender que não o consentiria, na total destruição da Barbearia Campos, casa centenária até agora existente no Largo do Chiado, nº 4-7.

Com efeito, tudo quanto vier a surgir naquele local depois das obras de alterações em curso, será pura reconstrução, com um nível de autenticidade patrimonial muito baixo, uma vez que só o mobiliário e a montra serão de origem. O chão e os estuques serão novos uma vez que serão recriações, pois os originais já foram destruídos nesta obra.

Mais desiludidos estamos ao constatarmos que esta situação seria evitável, uma vez que a manutenção da barbearia não poria em risco o resto do projecto aprovado para o edifício, apresentado pelo promotor Coporgest.

Esta barbearia centenária poderia ter sido salva na sua autenticidade, se devidamente selada e protegida ("cofragem"), ilusão que foi dada pela própria CML, publicamente, mas que não se verificou na realidade.

Com os melhores cumprimentos


Paulo Ferrero, Fernando Jorge, Bernardo Ferreira de Carvalho, António Branco Almeida, Maria Ramalho, Alexandre Marques da Cruz, Jorge Lima, Pedro Henrique Aparício, Júlio Amorim, Maria do Rosário Reiche, Filipe Lopes, Mariana Ferreira de Carvalho, Inês Beleza Barreiros, Miguel Jorge, Carlos Leite de Sousa, Miguel de Sepúlveda Velloso, Jorge Santos Silva, Nuno Caiado, Rui Martins, Artur Lourenço, Maria João Pinto

Sem comentários: