...

...

29/04/2015

COMPAREÇA! ...o abate dos lódãos do Jardim Cesário Verde continua amanhã às 9h30!


Foto: Luís Marques da Silva

8 comentários:

A. M.C. disse...

Mas porquê? esse jardim já estava com um ar miserável depois do Sr. vereador Sá Fernandes lhe ter posto as mãos como pôs nos outros.
Mas o que está a acontecer nesta cidade onde as "coisas" estão cada vez mais desesperadas e enlouquecidas? O que vai ser desta cidade quando pararem e verem o que fizeram?

Miguel de Sepúlveda Velloso disse...

Vai ser o que já é, um caos que acontece todos os dias com o silêncio exasperante da maior parte dos lisboetas.

Anónimo disse...

Motivo???

Paulo Ferrero disse...

Segundo fonte fidedigna o abate resume-se a 5 árvores, 3 já foram abatidas e 2 sê-lo-ão depois do feriado de dia 1. As outras árvores serão podadas. Portanto, do mal o menos, o que já não é mau, pelo menos nos tempos mais próximos. Veremos o que nos reserva a próxima Primavera.

Anónimo disse...

"As outras árvores serão podadas."

Uí.. Que reconforto Paulo..
E tendo em conta as qualificações dos psudo jardineiros da cml já estou mesmo a ver qual irá ser o resultado final. Vão deixar a árvore toda mutilada e com um terço do seu tamanho - Tipo o caso mais recente do arbusto do Príncipe Real

http://amigosprincipereal.blogspot.pt/2015/03/os-perigos-do-jardim.html

Anónimo disse...

ATERRADOR! Agora foram outras 26 NA CALÇADA DA AJUDA:

https://m.facebook.com/story.php?sto...00008460936357

http://www.cm-lisboa.pt/fileadmin/No...juda_Belem.pdf

Anónimo disse...

Mas qual o motivo disto?
Trata-se de um abate por fins sanitários? Estão as árvores doentes?
Porque a CML não explica este assunto?!

Rosa disse...

A actuação da Junta de Freguesia de Arroios foi em tudo desastrosa: A avaliação da doença das árvores é questionável e levanta muitas dúvidas, a condenação à morte e consequente abate dos lódãos mais antigos do jardim é uma tristeza, a falta de informação aos moradores por parte da junta não respeita a lei (60/P/2012), as podas nos lódãos sobreviventes foi totalmente irresponsável e exagerada fragilizando e mutilando irremediavelmente as árvores.
E tudo isto num jardim que há pouco mais de 5 anos tinha recebido "importantes obras a nível do arvoredo".

"Está de novo aberto o jardim Cesário Verde. Está renovado, depois de importantes obras de requalificação ao nível do arvoredo e dos equipamentos, plantação de novas espécies, substituição do pavimento e do sistema de rega"
(José Sá Fernandes em Outubro de 2009)