...

...

08/08/2015

Alguém pode explicar isto? Poda assassina no largo da Graça


Em nome da Plataforma em Defesa das Árvores, foram pedidas explicações a todas as juntas de freguesia de Lisboa em relação às podas e abates excessivos do arvoredo. A maior parte não se dignou a responder, como se aquilo que se pedia fossem coisas dispiciendas, inúteis preocupações de um grupo de cidadãos que sofreriam de excesso de zelo.

Mesmo sem respostas continuar-se-á a lutar para que estes brutais ataques às árvores de Lisboa sejam cabalmente esclarecidos por todos os executivos neles envolvidos.

O que é que levou a Junta de Freguesia de S. Vicente a autorizar mais uma poda assassina de uma  robinia no jardim do Largo da Graça?

Pode a dita Junta de Freguesia tornar público o relatório técnico que esteve na base desta brilhante intervenção?

Mais do que abates e podas desta natureza, a cidade e os lisboetas em geral apreciariam um pouco mais de transparência e  sentido de serviço público. O que lamentavelmente, tem faltado.

1 comentário:

Julio Amorim disse...

As brigadas neandertal no seu melhor....mas a chefia desta gente é que devia ir imediatamente procurar outro emprego. Isto feito com dinheiros públicos é cuspir no contribuinte....