Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

13/10/2014

Palácios de Lisboa: Pedido de esclarecimentos à CML e à DGPC


Exmo. Senhor Vereador
Arquitecto Manuel Salgado,
Exmo. Senhor Director-Geral do Património Cultural
Dr. Nuno Vassallo e Silva


Cc. PCML, AML, SEC e Media

Somos a solicitar aos serviços que V. Exa. dirigem, que nos esclareçam quanto ao que pretendem fazer perante a situação calamitosa (algumas fotos em anexo) em que se encontram os seguintes palácios de Lisboa:

- Palácio da Quinta das Águias (IIP- Decreto n.º 2/96, DR);
- Palácio dos Condes da Ribeira Grande;
- Palácio Marim-Olhão;
- Palácio Alva/ “Bichinho-de-conta”;
- Palácio Pina Manique;
- Palácio Alvito;
- Palácio Almada-Carvalhais (MN-Decreto de 27-12-1919);
- Palácio da Independência/ Condes de Almada (MN-Decreto de 16-06-1910);
- Palácio Verride/ Santa Catarina ;
- Palácio Sinel de Cordes;
- Palácio da Rosa/ Ponte de Lima (MIP-/ZEP, Portaria n.º 740-J/2012);
- Palácio Pombal (IIP)- Decreto n.º 45/93, DR;
- Palácio Távora (Mouraria);
- Palácio Távora-Galveias,
- Palácio de Povolide/Atheneu Comercial de Lisboa.

Trata-se de um acervo monumental de extraordinária importância para a cidade de Lisboa, algum dele com pedidos de informação prévia aprovados e/ou restauros pré-anunciados mas não executados até ao momento (ex. Ribeira Grande, Alva, Sinel de Cordes), outro propriedade da CML mas completamente desprezado (ex. Marim Olhão, Pombal) ou semi-desprezado (ex. Galveias, com falta de conservação de algumas salas e no exterior).

Com os melhores cumprimentos,

Bernardo Ferreira de Carvalho, Miguel de Sepúlveda Velloso, Fernando Jorge, Paulo Guilherme Figueiredo, Miguel Batista, Inês Beleza Barreiros, Rui Martins, Virgílio Marques, Júlio Amorim, António Araújo, Nuno Caiado, Miguel Lopes Oliveira, Maria do Rosário Reiche, Pedro Henrique Aparício, Jorge Pinto, Cristiana Rodrigues, Miguel Atanásio Carvalho e Beatriz Empis

2 comentários:

Filipe Melo Sousa disse...

Eu esclareço: não há dinheiro para a manutenção.

Mas há dinheiro para a fundação Soares :D

O Costa é amigo do seu amigo. Os socialistas são generosos para os seus amigos socialistas, com o dinheiro dos contribuintes. Os edifícios, esses, não são prioridade.

Anónimo disse...

Vendam isso a chineses, franceses, etc. É a única solução para os reabilitar.