Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

13/10/2014

Hemeroteca Municipal de Lisboa reabre nas Laranjeiras em 2015


In O Corvo (13.10.2014)
Por Samuel Alemão e Francisco Neves

«Desde o ano passado que o principal serviço de consulta de publicações periódicas se encontra interrompido. A câmara disse que iria abri-lo este ano na Lapa, mas mudou de ideias. Vai agora funcionar, de forma provisória, num pequeno espaço de outra zona da cidade. Apenas com o serviço de leitura e parte do acervo.

Encerrada há um ano, a Hemeroteca Municipal de Lisboa deverá reabrir ao público em Março de 2015, num edifício situado na zona das Laranjeiras.[...]»

...

A Hemeroteca e todo o Arquivo Municipal de Lisboa têm uma casa à espera de si, basta que haja boa vontade das partes e metam mãos à obra: o complexo do antigo Hospital Miguel Bombarda, deixando o panóptico, o balneário e mais algumas alas para o Museu de Outsider Art e neurociências. É uma evidência.

1 comentário:

Anónimo disse...

Com tantos funcionários que a CML tem, porque demora um tempo infinito qualquer decisão ?
Engenheiros, Arquitectos, Advogados, etc. porque será esta máquina da Capital tão lenta?
Porque não obrigam os funcionários a trabalhar mais ?
Ou o problema é só de gestão?
Cheira-me que seja político.
Porque têm desactivado a actividade de estruturas básicas na Capital?
Estranho?
Um outro exemplo?
Biblioteca Museu República, Estrada Benfica/ Rua da Beneficência - porque esvaziam a sua actividade?
Estranho ?
Descubram as orientações políticas.