Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

27/10/2014

EXEMPLARES ENVENENADOS NO JARDIM 9 DE ABRIL


O BANDITISMO E O SENTIDO DE IMPUNIDADE JÁ CHEGARAM ÀS ÁRVORES NOS ESPAÇOS PÚBLICOS DA CIDADE DE LISBOA

2 ÁRVORES, NO JARDIM 9 DE ABRIL, FORAM COBARDEMENTE ENVENENADAS PORQUE TAPAVAM AS VISTAS DOS PRÉDIOS VIZINHOS. ESTA SITUAÇÃO DE ENVENENAMENTO FOI DEVIDAMENTE COMPROVADA PELOS RELATÓRIOS TÉCNICOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA E DO INSTITUTO SUPERIOR DE AGRONOMIA ( LABORATÓRIOS DE PATOLOGIA VEGETAL DR. VERÍSSIMO DE ALMEIDA), ENTRETANTO ELABORADOS.

Exemplar de Grevillea robusta, totalmente seco, com fortes exsudações ao longo do tronco. O solo em redor e a sebe ao fundo apresentam-se secas devido à aplicação de produto nocivo. Esta árvore vai ser abatida.

Exemplar de Jacaranda mimosifolia, sem sintomatologia de problemas fitossanitários; apresenta grande parte da copa em processo de dessecação, tem dois orifícios na zona da base do tronco com 2 cm de diâmetro e 40 cm de profundidade em direção às raízes, por onde foi introduzido o produto venenoso que conduziu à lenta agonia da árvore e á sua morte. Esta árvore vai ser abatida.


. Atentado sobre um Choupo-Branco na Rua Andrade Corvo

Choupo-Branco descascado a fim de morrer na Rua Andrade Corvo, entre os Nos. 32 e 36.

NÃO PODE ALGUÉM EGOISTICAMENTE ATUAR SOBRE UM BEM QUE É PÚBLICO E FICAR IMPUNE, DEVE ANTES RESPONDER PERANTE A SOCIEDADE PELOS CRIMES COMETIDOS.

OS AUTORES DESTES CRIMES SÃO NORMALMENTE MORADORES DOS PRÉDIOS VIZINHOS QUE NÃO GOSTAM DA PRESENÇA DAS ÁRVORES E COBARDEMENTE, PORQUE SE SENTEM IMPUNES, ATENTAM CONTRA A SUA VIDA.

João Pinto Soares

6 comentários:

Anónimo disse...

Se alguém tiver conhecimento de qualquer tipo de informação sobre os responsáveis por estes CRIMES que DENUNCIE!

Filipe Melo Sousa disse...

chamem já a PJ lol

Julio Amorim disse...

Isto é mais um resultado de um povo embrutecido pela impunidade em regime....

Anónimo disse...

Existe uma câmara de vigilância na fachada lateral do Palácio da Rocha do Conde de Óbidos (Sede Nacional da Cruz Vermelha Portuguesa) que dá para o jardim!
A respectiva câmara "apanha" perfeitamente a árvore em questão!

Vou enviar um email à CML!

Anónimo disse...

Caro Anónimo das 4:43 da manhã, grato pelo seu alerta em relação à existência da câmara de vigilância na fachada lateral da sede da Cruz Vermelha Portuguesa.
Desloquei-me ao local e foi-me dito que o foco da referida câmara de vigilância, da qual constatei a existência, só permite a visualização dos portões e arruamento de acesso à Cruz Vermelha e não do Jardim, até porque o arvoredo o não permite.
Abraço
Pinto Soares

Anónimo disse...

Obrigado pelo esclarecimento Sr. Pinto Soares. Presumi que cobrisse aquela área. Parece que não.

Ainda existe outra, na diagonal da fachada do Museu Nacional de Arte Antiga:

https://www.google.pt/maps/@38.7046971,-9.1622282,3a,37.5y,219.78h,96.41t/data=!3m4!1e1!3m2!1spy9Fy2D7Cvy0dpDdgO3Kjg!2e0