...

...

31/01/2015

A triste saga dos jardins em Lisboa



Mais um projecto amigo do que já existiu, por exemplo, um jardim num palacete romântico no Príncipe Real, este, antiga sede da Fundação da Casa de Bragança. 

4 comentários:

Anónimo disse...

Eu relamente não sei que pessoas temos no património que deixam fazer este tipo de obras nestes palacetes e destruir jardins para fazer estacionamento. Mas quando é que isto pára?! Quando não sobrar mais nada para preservar! Quem deu luz verde para este crime? Incompetentes!

Anónimo disse...

O Zé fazia muita falta.

Anónimo disse...

Vai tudo..

E aqui aconteceu exactamente o mesmo(no logradouro de um edifício que está em obras):

https://www.google.pt/maps/@38.713399,-9.148972,3a,37.5y,300.48h,89.42t/data=!3m4!1e1!3m2!1s8nvziCSgjRiyPbci1s7htg!2e0

Esburacaram que nem toupeiras e foi tudo... Muro, balaustres, jardim, árvores...

Anónimo disse...

Há aqui alguém que deve ter sonhos húmidos com o Zé e não admite.