30/06/2007

Metro vai ter nove novas estações até 2011

IN Público

"O Metropolitano de Lisboa vai inaugurar nove novas estações até 2011, distribuídas pelas linhas azul e vermelha, de acordo com o plano de expansão da rede, que prevê um alargamento de 9,6 quilómetros.

Segundo o relatório de contas de 2006 do Metropolitano de Lisboa, divulgado hoje, na linha azul a concretização da ligação Amadora Este/Reboleira prevê a construção de um nova estação e o aumento de um quilómetro na extensão da linha, estando a abertura prevista para dentro de três anos.

Também na linha azul está prevista ainda para este ano a entrada em funcionamento da ligação Baixa-Chiado/Santa Apolónia, uma obra que implica a construção de duas novas estações, numa extensão de 2,2 quilómetros.

Na linha vermelha, a ligação Alameda/São Sebastião — que inclui a construção de duas novas estações, numa extensão de 1,8 quilómetros — tem abertura prevista para 2009, enquanto a ligação Oriente/Aeroporto, com três novas estações, estará concluída em 2010.

A ligação entre São Sebastião e Campolide deverá estar completa em 2011, uma obra que implicará a construção de uma nova estação.

O lançamento do concurso público para a execução da empreitada do prolongamento da linha azul da estação de São Sebastião a Campolide deverá ser lançado no decurso do segundo semestre deste ano.

Em complemento estão previstas a remodelação/ampliação das estações do Areeiro, Arroios, Anjos e Intendente, da linha verde, bem como a conclusão dos interfaces Cais do Sodré e Terreiro do Paço, "a executar pelo Metropolitano de Lisboa por conta da Transtejo e da Refer".



Boas notícias. Que não se repitam situações como os estaleiros da Praça de Alvalade nas estações a remodelar...

3 comentários:

Anónimo disse...

"...enquanto a ligação Oriente/Aeroporto, com três novas estações, estará concluída em 2010."

pois é....a Portela ainda vai servir os nossos (bis)netos...

JA

João Leonardo disse...

já a Algés insiste em não chegar deixando toda a zona ocidental da cidade se acesso a este meio de transporte!

Diogo disse...

Não vejo nenhuma boa notícia. Apenas sinal de alguém a encher os bolsos...Será que vão ser mais estações em zonas descampadas para servir especulação imobiliária?
(As novas estações nunca ficam perto do grande aglomerado de pessoas)
Porquê?