Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

12/02/2014

Ideia de criar um Museu da Medicina no Hospital de São José conquista terreno


In Público Online (12.2.2014)
Por Inês Boaventura

«A historiadora Raquel Henriques da Silva defendeu a necessidade de se “resgatar” espólios que estão hoje ao abandono em vários equipamentos de saúde da Colina de Santana.

A criação de um Museu da Saúde no Hospital de São José foi defendida esta terça-feira por vários dos intervenientes naquele que foi o quarto debate promovido pela Assembleia Municipal sobre o futuro da Colina de Santana.

O mesmo é proposto pela Câmara de Lisboa no seu Documento Estratégico de Intervenção na zona, embora aí se deixe em aberto a localização desse equipamento. [...]»

...

Assino por baixo: é óbvio que a existir um Museu da Saúde ele só poderá ser no corpo central do Hospital de São José, dando bom uso a todos aqueles corredores e alas imponentes, dando outra dignidade às escadarias e salões, à 'bramantina' sacristia, à sala da esfera e demais elementos espantosos. Mas esse museu deve ter uma extensão no Miguel Bombarda, fazendo aqui o museu de arte outsider e arte de doentes, i.e., no Panóptico, Balneário Dona Maria II, permitindo-se, claro, a fruição pública do salão nobre, capela e gabinete de MB.

Já para o corpo central do MB, continuo a achar que o ideal seria que a CML ali instalasse (todo) o Arquivo Municipal de Lisboa, que continua a penar por aí. Mas para isso, o Arquivo Municipal teria que ser uma opção/prioridade da CML, e não me parece que o seja (ainda). Isso e uma solução do tipo 'investigação e desenvolvimento' das neurociências na enfermaria em 'poste telefónico', por exemplo.

Sem comentários: