Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

12/02/2014

ZEP na estação Fluvial Sul e Sueste


Portaria n.º 109/2014. D.R. n.º 30, Série II de 2014-02-12 Presidência do Conselho de Ministros - Gabinete do Secretário de Estado da Cultura Fixa a zona especial de proteção da Estação Fluvial Sul e Sueste, na Avenida Infante D. Henrique, Lisboa, freguesia de Santa Maria Maior, concelho e distrito de Lisboa: http://dre.pt/pdf2sdip/2014/02/030000000/0426804269.pdf.

Se for uma ZEP para levar à letra, óptimo, mas se for letra morta, então é trabalho e tempo perdidos.

4 comentários:

Anónimo disse...

Um bom retrato da Lisboa que temos, essa zona mesmo junto ao Terreiro do Paço, bem no caminho das hordas de turistas que ali passam vindos dos paquetes atracados mais adiante, e, claro, dos compatriotas que naquela pavorosa superfície acimentada, desabrigados, apanham chuva ou um sol abrasador.

Aos fins de semana há PARQUE DE ESTACIONAMENTO (!) com arrumadores e tudo, bem ao estilo terceiro-mundista.

Situação que dura há imenso tempo, num local ABSOLUTAMENTE CENTRAL.

Uma vergonha.

Anónimo disse...

Anónimo das 1:28:

Esqueceu-se dos dealers!

Até porque eles também são gente.

Ou não?

Miguel de Sepúlveda Velloso disse...

pode ser que agora finalmente se concluam as obras de restauro da estação sul e sueste e a nós nos seja dada a oporunidade de rever os espantosos paineis de azulejos que lá existiam

Pedro Sabino disse...

Aviso desde já que a grande maioria dos azulejos estão danificados e alguns desaparecidos. Já o estavam antes das obras.

E essa zona realmente necessita de algum tratamento diferente. Não o betão que tem lá por cima todo a partir-se. O parque de estacionamento não incomoda desde que fosse lá criado um com lugares demarcados, já que a zona do terreiro do paço realmente costuma ser usada, tanto por lisboetas como turistas, ao fim de semana à noite.

Creio que se deve arranjar uma boa maneira de incorporar tanto uma permanência automóvel como uma zona de transito de fluxo pedonal intenso de nós que nos dirigimos para as nossas casas e vice-versa.