Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

19/02/2014

O Muro de Belém.





 
É indescritível e inimaginável o que se está a passar  com a construção de um muro gigantesco de betão no Jardim de Belém. Uma pequena sebe, adequada ao local, foi substituída por um muro inexplicavelmente grande destruindo parte do jardim e afectando a vista de quem frequenta as esplanadas. É incrível ! Não há dinheiro? Há, e é muito!
 

10 comentários:

ABA disse...

Está bem pensado, é para travar o avanço do mar...

Anónimo disse...

Isto é muito grave, a Câmara de Lisboa devia mandar imediatamente a retirada deste muro da vergonha, as vezes pergunto se esta gente que faz estas barbaridades tem cérebro?

Anónimo disse...

"É incrível ! Não há dinheiro? Há, e é muito!"

Então o autor do artigo não sabe que certos sectores da construção civil estão a passar por uma fase terrível...
Como tal, também tem o direito de ganhar o seu, que é pago com o $$$ de todos nós!
Se as construções são feitas em cima de esplanadas, jardins e árvores, é lhes indiferente, desde que estejam empregados e deixem obra feita. Mesmo que seja obra que ninguém precisa...

Anónimo disse...

Será que é para travar o avanco dos cafés, com as mesas no espaco verde?
Se assim é, está muito bem!

Anónimo disse...

Afinal o que se pretende com este muro?

Pinto Soares

Miguel de Sepúlveda Velloso disse...

Abaixo o muro. Quem autorizou? A perspectiva de todo o quarteirão com algumas casas quinhentistas fica destruída.

Lourenço de Almada disse...

Mas está tudo doido?

Anónimo disse...

Bem podem cortar as árvores ao lado do muro. Cortaram-lhes as raízes e irão definhar, mais do que já definhavam.

Aquele muro está de certeza dentro da área de protecção do Mosteiro dos jerónimos, Monumento Nacional, e duvido que tenha tido a devida autorização de quem de direito. Ou seja, é ilegal, mesmo se tiver sido feito pela CML, como provavelmente foi.

jce disse...

uma obra absurda.
um autêntico atentado ao bom senso e ao bom gosto e mais um enorme desperdício de dinheiros públicos.

Anónimo disse...

É vergonhoso!
Ía com frequência comn a minha mulher e filhas a um dos restaurantes.
Deixei de ir.
Deixámos de ter acesso ao jardim devido a este novo muro das lamentações.