...

...

13/05/2015

Semana Académica em Monsanto

Continuam os Atentados contra o Parque Florestal de Monsanto
De forma completamente irresponsável, a CML persiste na sua demanda de transformar o Parque Florestal de Monsanto num local privilegiado para eventos de massas, sem acautelar a fragilidade e particularidade desta zona ecológica essencial para toda a área Metropolitana de Lisboa.

Como se não bastasse a recente tentativa de privatizar os campos de Basquetebol do Moinho do Penedo ( tentativa essa que não está ainda afastada pois subsiste no caderno de encargos) para construir uma tenda de eventos e privatização de vários espaços, alguns deles também abertos à realização destes mesmos grandes eventos; a CML, através do seu departamento de Espaços Verdes, vem dar continuidade à realização da Semana Académica de Lisboa no Monsanto.

A realização deste evento destruiu, nestes últimos 2 anos, grande parte do coberto vegetal do terreno onde se realiza, colocou em causa a nidificação de Aves que ali se reproduzem nesta época do ano e destruiu de forma deliberada muito trabalho feito por voluntários que trabalharam com técnicos desses próprios espaços verdes. Além disso a Associação Académica de Lisboa não  cumpriu qualquer das contrapartidas que se comprometeu a promover nem reparou  nenhum  dos danos que provocou e que prometeu reparar. Este evento, realizado em plena “rota da Biodiversidade”, representa um atentado ecológico contra o PFM que trará, no futuro, danos irreparáveis ao equilíbrio do mesmo.

Por estes motivos a Plataforma Por Monsanto repudia de forma enérgica a realização de mais uma Semana Académica dento do Parque Florestal de Monsanto e a continuação de politicas irresponsáveis que servem alguns em detrimento da salvaguarda do bem público.

O PFM não pode ser transformado num imenso local de eventos onde tudo é permitido.
A Plataforma por Monsanto tudo fará para o impedir bem como para continuar a garantir a defesa do património natural único que é o Parque Florestal de Monsanto

Lisboa, 13 de Maio de 2015

Entidades que fazem parte da Plataforma por Monsanto: Associação dos Amigos e utilizadores do PF de Monsanto; Associação Plantar um Árvore, AMBEX, QUERCUS, LPN, Grupo Ecológico de Cascais; Clube de Atividades de Ar Livre; Fórum Cidadania Lx; Associação Lisboa Verde, ASPEA,  GAIA, Clube Caminheiros de Monsanto, Liga dos Amigos do Jardim Botânico,  GEOTA

1 comentário:

Anónimo disse...

O Zé fazia lá muita falta - nunca me canso de o repetir.

Ai, se isto era no tempo dos outros, as queixinhas que ele não metia por todo o lado...