...

...

05/05/2015

Lisboa Capital Europeia da Demolição: Rua do 4 de Infantaria / Rua Correia Teles








Estes dois imóveis da "Lisboa Entre Séculos" em Campo de Ourique acabaram de ser totalmente demolidos (não, neste caso nem sequer as fachadas ficaram). Quem passar por lá amanhã vê apenas 1 grande buraco pois já estão a abrir as caves para o estacionamento da futura nova construção - ou será que esta "operação urbanística" entra para as estatísticas da "reabilitação"?! Imóveis demolidos: Rua do 4 de Infantaria 50 a 60 e Rua do 4 de Infantaria 44 a 48 torneja Rua Correia Teles 16. A bela Mercearia Coutinho, que funcionava há quase 1 século no nº 50-54 da Rua do 4 de Infantaria também foi destruída apesar do apelo que o FCLX fez ao Presidente da CML e ao Vereador do Urbanismo no dia 23 de Outubro de 2013: http://cidadanialx.blogspot.pt/2013/10/mais-2-predios-do-sec-xix-para-demolir.html;
É assim a Lisboa que estamos a criar: Capital Europeia da Demolição?

9 comentários:

Anónimo disse...

Obrigado ao Blogue.
Pela cobertura que está a fazer a Campo de Ourique.
O Bairro não está na moda.
Têm arrasado esta quadrícula, tal como arrasaram as hortas do século XIX.
Agora que se estuda tanto com tantas correntes, com tantos exemplos pelo Mundo fora do que é belo e do que é horrível, do que é insustentável, tanto para as Cidades como para o Ambiente, aqui aumenta-se as cérceas e acrescenta-se mais uns metros, com projectos que vão por mais garagens que façam diminuir o espaço de circulação à superfície.
Cada cor seu paladar.
Prédios de patos bravos assinados por arquitontos.
Em Campo de Ourique há muitos para arrasar é por isso que os novos vem para aqui morar sem se preocuparem com o bom gosto.
Esse é para irem ao Rosa & Teixeira ou às tascas chiques.
Os novos ricos talvez nunca tenham bom gosto.
Continuem atentos porque até o Casal Ventoso vai mudar.
Ou o chef Salgado não fosse o de gosto insonso.
Nós somos os patos bravos, nesta cauda da Europa e quando vamos ao estrangeiro preocupamo-nos com outras coisas mais importantes e não fazemos comparações.
Campo de Ourique, como Lisboa está nas mãos desta gente com gosto requintado.
Cinema Paris, já com 10 andares.

JOÃO BARRETA disse...

E assim se vão "evaporando" as memórias coletivas de um comércio, realmente, de tradição, de proximidade e de ... verdade!

Anónimo disse...

Não ponho os pés em Campo de Ourique há uma carrada de anos e estou a ver que há cada vez menos razões para voltar!

Miguel de Sepúlveda Velloso disse...

sim estamos a criar essa capital da demolicao. Aqui tudo pode acontecer. A paisagem urbana degrada-se a olhos vistos.

Anónimo disse...

E o que se vai construir aqui?!

Anónimo disse...

Com um pouco de sorte, em vez dessa rançosa Mercearia nasçam por ali, sei lá, originais restaurantes gourmet, estabelecimentos para dandys, lojas (e cursos) de extensões e de unhas de gel, ou de piercings e tatuagens, assim esse tipo de coisas de primeira necessidade que dão um ar modernaço e classy à nossa linda capital. Alegrai-vos.

Anónimo disse...

Apelidar esta mercearia de "bela" quando era por mais visível que a mesma não tinha as mínimas condições de higiene ou salubridade é levar a ladainha reaccionária aos píncaros. Claramente estão dispostos a defender até ao fim o tasco mais fétido e imundo apenas porque é "genuíno", sem saber se a maioria das pessoas estão dispostas consumir o que quer que seja no mesmo. Eu tenho uma mercearia destas ao pé de casa. Interiores podres de madeira e uma placa a dizer que foi inaugurada nos anos 20. Mal iluminada, sem frigoríficos, oferta abaixo dos mínimos olímpicos, muitas moscas e mau aspecto. Nunca lá pus os pés apesar de ser a loja que tenho mais perto de casa, nem faço tenções. Ser velho não justifica tudo, e muito menos gavetas de madeira com cebolas dentro.

Anónimo disse...

10:49 console-se, vai lá ter um restaurante daqueles originalíssimos e baratos que abrem num mês para fecharem no mês seguinte. Ou um bar do mesmo tipo. Felicidades e que le aproveche

Anónimo disse...

Anónimo das 10,49.
O amigo nada diz sobre a volumetria e do espaço escassear na superfície.
Tem circulado por Campo de Ourique?
Sabe que há Países civilizados onde as autoridades não admitem qualquer mamarracho?
Há critérios por quadras e quarteirões.