...

...

06/05/2015

VOTAÇÃO AS 10 MARCAS APAGADAS DE LISBOA - ATÉ DIA 13 DE JUNHO


O Fórum Cidadania Lx pretende eleger as 10 marcas apagadas de Lisboa, ou seja, os os lugares, e/ou edifícios que já não existem ou que foram irremediavelmente alterados na nossa cidade, fosse por acção humana fosse por acontecimentos naturais.

O Fórum Cidadania Lx entende que a celebração da cidade, sobretudo dos elementos que a construíram e desapareceram, é uma forma de homenagear Lisboa e os seus habitantes e todos aqueles que a construíram, mas também um modo de lembrar o que desapareceu e situar aqueles que nada fizeram ou contribuíram para a sua desfiguração. Não se trata de culpabilizar de evitar repetir os erros do passado e alertar para aqueles que ainda podem ser evitados ou corrigidos.

Numa altura em que as cidades competem no mundo pelo que as diferencia, a eliminação de elementos únicos e característicos deve ser algo que nos preocupa.

Assim, foi lançado um desafio aos Lisboetas para que fizessem sugestões sobre as mais relevantes marcas desaparecidas e a preservar de Lisboa, tendo sido elaborado um Top 20, de entre mais de 60 sugestões. Entre os factos curiosos, as muitas sugestões de edifícios desaparecidos com o terramoto de 1755 e a indicação de edifícios que ainda resistem e não desapareceram, o que se interpreta como alertas para evitar seu abandono ou transfiguração. De assinalar ainda as muitas indicações de espaços públicos que foram modificados ou desapareceram (e não apenas os seus edifícios), como as Avenidas Novas ou a Baixa Mouraria (atual Martim Moniz), o que denota uma preocupação mais abrangente que um ou outro edifico notável mas sobretudo pelo enquadramento dos mesmos.

Agora, até 13 de Junho, dia de Santo António, qualquer pessoa poderá votar em 3 daquelas marcas, permitindo eleger as 10 mais.

Foram estas as 20 sugestões (em ordem de apresentação aleatória) dos Lisboetas e que estão agora a votação.

Os votos podem ser enviados para: forumcidadanialx@gmail.com.

Que a votação comece!

Sem comentários: