...

...

09/07/2015

E Lisboa?


10 comentários:

Anónimo disse...

Barcelona tem 7,5 milhões de turistas anuais. Ou seja, quase o dobro de Lisboa. Barcelona tem 91km2 e moram lá dentro 1 milhão e 600 mil pessoas. Lisboa tem 84km2 e tem 560 mil habitantes. Façam as contas. Barcelona é significativamente cheia de vida. Lisboa sem turistas parece a aldeia da minha avó.

Anónimo disse...

Concordo inteiramente com o comentário anterior. Mas Lisboa tem neste momento 100.05 km2 com os terrenos que pertenciam a loures.
Pode e deve discutir-se tudo mas neste momento só os eléctricos é que estão realmente a sentir a pressão turística.
O centro histórico já esteve muito abandonado, prostituição, tráfico etc, e os turistas ajudam a diluir isso.

Paulo disse...

100 km2 com os terrenos que pertenciam a Loures? O terreno extra no parque das nações deve ter 1 km2 no máximo.

Rui Santos disse...

Se Lisboa aumentou em área e só tem os tais 550 mil habitantes, isso não abona nada a favor. Só torna a cidade mais deserta de habitantes comparando com valores internacionais.

Miguel de Sepúlveda Velloso disse...

aliás, dada a situação de profundo desnorte no ordenamento da cidade, jardins a arvoredos mutilados e destruídos, do património, mais de 30 palácios históricos em ruína ou pré-ruína, prédios entre séculos demolidos e ou irregovalemnete tarnsformados na caricatura de si prórpios, da noite e do lixo, já são muitos os turistas que não voltam. Basta andar de avião a partir de Lisboa para, por exemplo Bruxelas, para ouvir os comentários.

Cidade porca, desmazelada, sem interesse. Construam muitos e variados hoteis, maltratem a cidade descaracterizando-a por completo e mesmo os poucos que aqui chegam, deixarão de vir.

Aliás, depois de um boom de notícias sobre Lisbao na imprensa da especialidade, muitas vezes pagas pela ATL, já é raro o artigo sobre Lisboa. O mesmo não acontece com Praga, barcelona, Roma, onde vão sem precisar de convites.



Anónimo disse...

Deve ser mesmo chato e desconfortável viver permanentemente com azia, chiça!

Miguel de Sepúlveda Velloso disse...

reagindo ao anónimo das 11.21,

muito mais chato deve ser viver na inconsciência e no dizer bem só porque sim.
Azia??? Não é mal de que padeça.

mas obrigado pelo seu douto e perspicaz comentário. É sempre um regalo perceber que a objectividade relatada é depois traduzida como azia, maus-fígados, bílis e outros achaques próprios de velhos do restelo e de outros ilustres anteapessados.

Assim seja, senhor anónimo, embora o facto de achar que assim é não impeça de estar nos anípodas da verdade.

Já agora se tivesse, o sr. anónimo a bondade de se identificar, muito me ajudaria- È que sabendo de quem se trata, deixaria de comentar os seus comentários. E assim teria mais tempo para dedicar à minha azia.

Anónimo disse...

Que objectividade relatada? A que se põe a vaticinar futuros desoladores para o turismo só porque lhe apetece? A que acusa os artigos elogiantes de Lisboa de serem manobras propagandísticas da ATL? A que acha que só se vem cá porque alguém convida? A que só ouve os tais "comentários" em Bruxelas se estes forem a dizer mal? Ligue-se ao mundo real, perceba que há gente que gosta ainda mais desta cidade com gente nas ruas e com comércio renovado, e ponha um bocado de amor nessa vida!

Anónimo disse...

Quando achar que vive numa cidade feia, respire fundo e veja a seguinte imagem

http://sds.parsons.edu/files/2009/04/athens.jpg

Anónimo disse...

Nem contraidtório há! Viva a censura!