...

...

10/03/2015

Grafitis, Tags, Autocolantes? Em Guimarães não!



Guimarães. Centro histórico classificado Património Mundial pela Unesco. Naquela cidade, sem dúvida alguma com o mais bem gerido centro histórico do país, e até à data a nossa única história de sucesso, a Câmara tem uma brigada de funcionários que se dedica diariamente a limpar tags, grafitis e a remover autocolantes nas paredes, portas, tubos de queda, sinais de trânsito, etc. Um exemplo a estudar e que devia ser seguido pelas novas mega freguesias de Lisboa - principalmente aquelas que mais sofrem com este problema. Se Guimarães consegue porque razão a capital se mostra ainda incapaz de responder adequadamente?

5 comentários:

Anónimo disse...

Confirmo que o percurso Baixa - Sé - Castelo foi quase integralmente pintado e limpo de grafittis. Sim, sabemos que eles voltam mas a iniciativa é de louvar e merece destaque aqui.

Anónimo disse...

Para isto funcionar em Lisboa tinha que haver um funcionário por rua.

Anónimo disse...

É preciso é dar porrada nos tipos que cagam as paredes! E não bloqueiem este comentário!!

Anónimo disse...

Um ou mais funcionários caro anónimo!!!

Anónimo disse...

Acho que deveriam ser criadas brigadas de funcionários dedicadas em exclusivo a limpar as paredes de Lisboa, com pessoal e equipamento adequado. Poderiam ir rodando em diferentes freguesias, de modo a que aí 1 vez por semana ou quinzena limpassem o mesmo bairro. É que quanto mais tempo os rabiscos ficam expostos mais incentivo dão a outros indivíduos para os fazerem também.