...

...

15/03/2015

«MAIS VARANDAS, MENOS MARQUISES»

Uma inteligente campanha de publicidade num país onde ainda prevalece uma relação patológica com as marquises... Só mesmo os nórdicos para verem tão claramente esta doença - praga - nas cidades portuguesas.

4 comentários:

Anónimo disse...

Esperemos agora que os portugueses comecem a abrir os olhinhos, e vejam os benefícios de ter uma varanda a sério.

Vítor disse...

E depois os que tem varanda correm os estores todos, em pleno dia e com bastante luz. E, lá dentro das suas casinhas, têm as luzes acesas, aumentando a conta da EDP e os seus lucros colossais....

Anónimo disse...

MUITO BOM!
Pena que os órgãos de poder públicos, especialmente as Câmaras continuem de olhos fechados quanto a este problema (que é ilegal, como sabemos)

Anónimo disse...

Se todos os prédios tivesse "aquela varanda", quando viesse um ventinho ia tudo para o passeio. Estou mesmo a ver as pessoas a andarem nos passeios da cidade e a levarem com todo o tipo de objetos levados das varandas
Tenham juízo. Como é óbvio há marquises muito mal feitas, e que conspurcam a estética dos prédios.
Mas uma marquise bem projetada e construída, e bem montada, não prejudica em nada.
Não sejamos radicais, e vejamos a realidade.