...

...

27/05/2016

ADEUS SEMANA ACADÉMICA DE LISBOA, ATÉ PARA O ANO ...!


Estado em que ficou o terreno onde se realizou a Semana Académica de Lisboa 2016, em pleno Parque Florestal de Monsanto.

Queremos saudar a autarquia de Lisboa, nas pessoas do seu Presidente, Dr. Fernando Medina e do seu Vereador dos Espaços Verdes Dr. José Sá Fernandes, pelo desvelo e preocupação que dedicam ao Parque Florestal de Monsanto - O Pulmão Verde de Lisboa, traduzidas pela concessão das licenças que tornaram possível o quadro de horror que a foto documenta.

A falta de cultura da Natureza e a manutenção das políticas do "Quero Posso e Mando" e do "Compadrio", pouco ou nada se alteraram em Lisboa desde a época do "Estado-Novo".

Tais políticas, que contornando as leis vigentes e ignorando os pareceres dos técnicos, procuram satisfazer interesses particulares, continuam a abrir feridas em Lisboa e muito particularmente no Parque Florestal de Monsanto.

Neste caso, foi a Universidade de Lisboa, organismo que tem por obrigação ensinar aos seus alunos o respeito pela Natureza e pelas leis que a regem. Não é isso, infelizmente, o que acontece.

Veremos agora como o Ministério Público de Lisboa irá reagir aos atropelos da lei entretanto verificados.


João Pinto Soares

2 comentários:

Julio Amorim disse...

Contudo é bom ter em conta que foi durante o Estado-Novo que este enorme parque foi plantado. Coisa que hoje nem passaria pela cabeça destes governantes.

Alvaro Pereira disse...

Se tivessem feito o anfiteatro ao ar livre que estava planeado no projecto original, isto não acontecia. Mas, em vez disso, fizeram lá instalações militares.

Quanto à minha ideia de fazer uma corrida de fórmula E no antigo circuito de Montes Claros, pensei melhor e cheguei à conclusão que a mesma se pode fazer noutro lugar qualquer. Mas mantenho a ideia de se fazer essa corrida; Lisboa não é menos que Paris, Berlim, Londres ou Moscovo!
Tal como eu disse, são monolugares eléctricos e os circuitos são provisórios; montam-se e desmontam-se num fim de semana.
Devo também dizer que o campeonato do ano passado foi ganho pela Renault, e desde então a venda de veículos eléctricos dessa marca aumentou bastante. Coincidência?

Cumprimentos

Álvaro Pereira