20/01/2011

Largo dos Trigueiros.




O largo dosTrigueiros, na Mouraria é um exemplo, entre imensos, do desmazelo , da falta de cuidado e do desprezo a que os Bairros Históricos estão votados pela CML.Em qualquer cidade da Europa este largo,e a zona em redor, estaria cheio de vida, livre de carros  e seria um sitio muito agradável para se viver , estar e visitar.
Em Lisboa está assim.

10 comentários:

João Garcia disse...

Existe um projecto para renovar este largo da parte da CML, espero que sirva para corrigir isto ;)

Anónimo disse...

Os largos ficam todos apertados.

AC

tato disse...

Isso do "agradável para se viver" é tudo muito relativo. Não se esqueçam de quem tem os carros aqui no largo devem ser residentes na zona. Eles estacionam lá porque querem estacionar perto de casa. Limita-se o acesso rodoviário ao largo, e essas pessoas se calhar já não sentiriam tanto o agrado de viver na zona. Imagino os que têm uma idade mais avançada que conduzem e têm as pernas fracas para poder caminhar mais umas centenas de metros. Claro que também há os que vivem sem carro na zona e os carros são nada mais que um estorvo autêntico. Resta saber quem ganha. E também é verdade que acessos já foram limitados em Alfama, Bairro alto e afins. E acho que até com um ceto grau de sucesso, n?

João Garcia disse...

olhe tato, combinar velhinhos e carros estacionados na mesma frase não é boa ideia, não abona muito para a ideia que pretende defender...

Hugo disse...

Concordo totalmente com a chamada de atenção para a falta de regras dentro da zona histórica de Lisboa, e a Mouraria bem que se pode queixar deste desmalezo camarário ou de policia municipal.. enfim... a quem calha esta tarefa de zelar pelo estacionamento com regras.
A unica coisa que não bate certo nestas fotos, é que este não é de certeza o largo do Terreirinho na Mouraria.

Anónimo disse...

Sou médico no Hospital de S. José.
Abdicaria IMEDIATAMENTE do carro para ir viver para ali se este largo fosse recuperado e interditado o trânsito.

...e como eu calculo que muita gente, com novas ideias e novos ideais.
O pessoal dos carrinhos pode ir para a periferia...

A.lourenço disse...

Pois não Hugo, tem toda a razão claro, excesso de confiança da minha parte.É claro que é o Largo dos Trigueiros.
Já alterei , muito obrigado.
O resto mantenho.

FJorge disse...

Este é o retrato fiel de 90% dos largos da nossa cidade. É uma bárbarie completa. Queremos prova maior do nosso atraso civilizacional?

Anónimo disse...

O Largo dos Trigueiros encontrasse nesta vergonhosa situação porque um certo senhor resolveu utiliza-lo como oficina de automóveis a céu aberto. Não são os velhinhos nem os moradores da zona que invadem de forma animalesca este Largo. A grande culpada é a Junta de Freguesia que não tem orgulho no património, não intervém no terreno e nem pensa nas questões de segurança, se houver um incêndio os bombeiros não se podem mexer com tantos carros,por exemplo.
Que agradável seria o Largo com banquinhos, a fonte a trabalhar e pessoas de carne osso a usufruir do espaço.

Anónimo disse...

O Largo dos Trigueiros está, neste momento, a ser alvo de uma profunda intervenção da CML, e espero que limitem o acesso automóvel apenas a moradores