Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

26/03/2014

Era uma vez um Palácio na Rua de O Século



Como se pode facilmente verificar, já pouco resta do palácio... nem o logradouro escapou - estão a retirar todo o solo do jardim! É lamentável que este tipo de intervenção ainda possa ocorrer em Portugal, num imóvel classificado (IIP) e em zona histórica de 1º grau.
Era um palácio, com interiores originais de diferentes épocas, protegido pela Lei do Património da República portuguesa. Mas apesar disso todo o interior foi partido, triturado e remetido a um vassadouro! Os portugueses são cada vez mais avessos ao «restauro», a tocar com cuidado e respeito a Arquitectura do passado; é quase sempre à bruta como neste vergonhoso exemplo. Lisboa, Capital Europeia da Demolição?

9 comentários:

Anónimo disse...

já estava bem desconfiada q isso iria acontecer... mais um hotel? Não percebo pq arrasam com o palácio já que eçle não estava muito degradado já que foi habitado até pelo menos aos anos de 2000

Anónimo disse...

Sim, sim mas tudo em nome do repovoamento do centro histórico, não se pode dizer que não se está a seguir uma nobre causa.
Todas as demolições que se fazem no centro têm sempre como justificação o objectivo de trazer novos moradores para o centro da cidade (estou a ironizar, claro!)

Anónimo disse...

Quem aposta que a CML vai justificar mais uma demolição, como "o edifício já não oferecia condições de ser recuperado". Uma vergonha. Sr. Arq. Manuel Salgado devia envergonhar-se da destruição que tem feito pela cidade, apesar, de segundo ele serem raros os exemplos de má recuperação do património. O pior cego...

Anónimo disse...

O escarcéu que para aí não faziam os agarrados ao tachos se isto acontecesse no tempo dos que os antecederam...

Especulação imobiliária, negociatas, derespeito pelo património,etc.,etc., era o mínimo.

Anónimo disse...


É mais um para o "china" comprar e não habitar!

Anónimo disse...

O pior cego - era, quando lá estava o Lopes e a Borracha da Gebalis, nem o Carmona se safou

Tenham calma - Lisboa é Linda

Lisboa é Linda

Anónimo disse...

Se Lisboa histórica é assim tão linda porque é que os árabes, os chineses e os brasileiros, quando compraram na zona histórica, nunca é para irem lá morar.

Dá que pensar...

Xisto disse...

Se as imagens não me enganam o edifício referido é o Palácio do Bichinho-de-Conta. Não conheço o projecto de intervenção, pode até ser qualificado e respeitador do ponto de vista patrimonial, não posso pronunciar-me sobre isso.
Mas pelo que leio no texto, e depois na caixa de comentários, parece ignorar-se que o trabalho de recuperação de imóveis degradados que vem sendo feito na cidade não tem paralelo com nenhum momento das últimas décadas. Do meu ponto de vista, a revitalização do centro histórico existe e a CML está a conseguir alguns milagres, no meio da desgovernação geral.

Miguel de Sepúlveda Velloso disse...

Este Palácio, era o Palácio dos Marqueses de Santa Iria. Integrava uma zona histórica de Lisboa onde várias grandes famílias cosntruíram a sua residência: Palácios Pombal, Ratton, Murca, Marim-Olhao, Valada-Azambuja, Palmela, Mesquitela, Cabral. A par dos palácios, várias ordens religiosas tinham aqui a sua casa-mae em Lisboa: Convento dos Paulistas, de Jesus, dos Cardaes. Toda a zona tem um património inestimável a precisar de urgente salvaguarda, valorizacao, interpretacao. Como se vê pelas fotos do post, nao é esse o entendimento da CML que aceita que no seu centro histórico os palácios sejam destruídos, os adros de aparato das igrejas sejam transformados em bocas de parques de estacionamento, os jardins e cercas de mosteiros e de casas nobres sejam esventrados para mais garagens e mais cidade fechada, blindada, hermética.Foi-nos dada uma cidade singularíssima em heranca. Infelizmente, estamos empenhados no seu desaparecimento.