Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

29/10/2013

Pedido de Divulgação de Proposta MaisLisboa.org: Cabos Selvagens em Lisboa


Chegado por e-mail:


«Lisboa está contaminada por centenas de metros de cabos expostos de operadores de comunicações. As zonas históricas, e até as Avenidas Novas, têm os seus edifícios de Arte Nova, Modernistas ou dos séculos XVII e XVIII impiedosamente cobertos de cabos negros, em imensa desordem, na maior impunidade e sem qualquer respeito para com o património histórico ou para com a cidade. Portugal Telecom, Vodafone, Optimus e outros exibem lucros à custa desta impunidade e selvajaria no que toca a conservação das fachadas tornado-as visualmente desordenadas. A autarquia lisboeta, que devia ser vigilante e actuante em defesa da cidade, nada faz e mantém um silêncio e uma passividade incompreensíveis.

A cidade precisa de uma abordagem para enfrentar esta "selva dos cabos". Propomos assim uma estratégia que se desenvolva em torno de cinco eixos:

1. Todos os operadores de comunicações que instalem cablagens no exterior dos edifícios devem pagar uma taxa por metro de cabo à CML.
2. Cablagens sem utilização (por exemplo, por descontinuação de serviço) devem ser removidas pela mesma equipa que realiza o cancelamento do serviço ao cliente. Esta remoção será estimulada pela taxa sugerida em 1.
3. Os operadores - para receberem licença de operação em Lisboa - não poderão transferir para os seus clientes qualquer custo decorrente deste grupo de medidas.
4. Todos os cabos colocados no exterior das fachadas deverão ser enterrados e só na entrada dos edifícios é que poderão usar calhas técnicas da mesma cor da pintura do edifício.
5. Criar mecanismos que convidem os operadores à partilha de cablagens e calhas comuns (por exemplo, pela partilha de taxas municipais).

Estas medidas, juntamente com outras que proporemos brevemente, poderão contribuir para resolver este problema que desfeia a cidade de Lisboa e perante o qual nada tem sido feito por parte da autarquia.

www.MaisLisboa.org»

1 comentário:

Carlos Medina Ribeiro disse...

Como se sabe, os cabos das diversas operadoras chegam aos prédios todos misturados. A PT, quando eu a informo de casos escandalosos (incluindo os aqui denunciados) manda lá alguém fazer o que pode, mas depara-se com a impossibilidade de mexer nos dos outros...