Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

31/10/2013

Este espaço em Benfica está assim há cerca 40 anos...(?)

 



Ali ao fundo da Avenida da República da Bolívia. O (des)urbanismo de Benfica é um excelente exemplo de como não construir uma cidade....

5 comentários:

Filipe Melo Sousa disse...

Pergunto-me que mudança preconizam para este espaço. Querem que o espaço seja alcatroado, e que sejam colocadas cancelas para que se pague o estacionamento? Qual o valor acrescentado? E quem paga a obra? Quem está interessado em pagar uns 100€ por mês para ir trabalhar? Nos dias que correm é mais de 10% do ganha pão.

Anónimo disse...

Bem, há 40 anos não havia aqueles objectos decorativos de plástico vermelho e branco.

ILR disse...

100 Euros?
Filipe, acorda, isso são tarifas de 2003.
Vai trabalhar malandro.

Anónimo disse...

Este tipo de espaços nas cidades não é de difícil solução. O ideal é um plano de pormenor definindo o desenho urbano. Neste caso existe espaço para novo edificado (habitaçã, etc) e espaços verdes. Acontece que em Portugal a aprovação de um PP demora na melhor das hipóteses 5 anos. Regra geral passa dos 10 anos. Assim os investidores privados evitam este tipo de intervenções. Só dá dor de cabeça e prejuízo. Comparemos com o caso de Alcântara, ao lado da lx factory. O grupo SIL comprou aqueles terrenos ha 30 anos e a CML sempre impediu os diferentes projectos. Primeiro porque eram torres do siza e não podia ser, depois eram só 8 pisos, mas também não podia ser. Enfim, aquilo vai estar abandonado outros 30 anos.

Anónimo disse...

Acho que são terrenos privados, resquícios das antigas quintas, talvez da Quinta da Granja.

Não tenho a certeza absoluta disto, porém.

Mas o que é certo é que é o único espaço perto da zona antiga de Benfica que não sofreu qualquer tipo de construção urbana.