28/10/2013

OBRAS NA ALAMEDA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA COMPLICAM TRÂNSITO


In O Corvo (28.10.2013)
Texto: Fernanda Ribeiro Fotografia: David Clifford

«O objectivo das obras realizadas na Alameda da Cidade Universitária era melhorar a qualidade do campus da Universidade de Lisboa, reduzindo o trânsito naquela zona e escoando-o para a Avenida das Forças Armadas – exceptuando a circulação de ambulâncias entre o Campo Grande e o Hospital de Santa Maria. Mas o resultado dos trabalhos já executados, com a criação de uma via única de circulação nas laterais ao edifício da Reitoria da Universidade de Lisboa, tem sido bem diferente. E até perverso. O trânsito continua a fazer-se por ali, muitas vezes bloqueia, sobretudo às horas de ponta, em que há engarrafamentos, tornando mais moroso o acesso dos veículos de emergência médica ao Hospital de Santa Maria....»

5 comentários:

Anónimo disse...

Mas o objectivo era complicar o trânsito! Sou estudante na cidade universitária e o ambiente está muito mudado, já não passam lá automóveis a velocidades parvas, já há menos automóveis estacionados indevidamente, está muito mais bonita... Deixem-nos alguma qualidade de vida, os automóveis não são a cidade! (Disclaimer blablabla também uso automóvel, não sou anti carros etc)

Anónimo disse...

a verdade é que está muito melhor para quem estuda na universidade

e nao venham dizer que "agora há transitio em hora de ponta", porque guess what? SEMPRE houve transito e para arranca em hora de ponta.

alias, a prova é que mesmo depois do "aperto", o transito continua até ao cruzamento do Hospital, mostrando que nao é pelo "aperto" que o transito existe. se fosse essa razão, assim que se passa a reitoria o transito acabava, o que nao é verdade :)

Anónimo disse...

Se fazem obras, é porque fazem obras, se não fazem obras é porque não fazem obras...

Anónimo disse...

Que se lixe o acesso dos veículos de emergência ao HSM, aquilo está muito bonito assim e à vontade do sr. vereador da mo(r)bilidade.

M JORGE disse...

POIS É MEUS CAROS! FALA-VOS QUEM PARTICIPOU EM MUITOS PROJETOS DE MELHORIA DO TRAFEGO DANDO DIREITOS AOS PEOES.MAS ASSIM NAO!ESTE TIPO DE SOLUÇAO NAO POSSO COMPREENDER! HÁ QUE FAZER PRIMEIRO AS ALTERNATIVAS! JÁ REPARARAM O QUANTO ESTA DIFICULTADO O ACESSO AO MAIOR HOSPITAL PUBLICO DE LISBOA? JÁ REPARARAM QUE O PERFIL DA VIA É ALTERADO DE FORMA ABRUPTA!?
SE HOUVESSE UMA DIREÇAO DE OBRAS PUBLICAS DO ESTADO QUE FUNCIONASSE ESTA OBRA COM AQUELE PERFIL TERIA SIDO EMEDIATAMENTE PARADA, COMO TERIA SIDO A OBRA DO DO TUNEL DO MARQUES E COMO TERIA SIDO PARADA A PROPRIA OBRA NA ROTUNDA DO MARQUES.
SE TÉCNICOS A VALER QUE TRABALHARAM NESTAS COISAS NOS ANOS 80 E 90 VISSEM COMO SE ESTA A ESTRAGAR LISBOA NAO EM PROL DO PEAO!!! MAS DE CONCEÇOES ERRADAS PARA A LIMITAÇAO DE ACESSO DE VEICULOS???... PORQUE É QUE NO CASO DA CID UNIVERSITARIA O ACCESSO VIARIO NAO DE MUDA PARA OS EXTREMOS DESSA CONSTRUÇAO POSSIBILITANDO A INTERAÇAO PEDENAL SEM ABSOLUTAMENTE NENHUM VEICULO A ATRAVESSAR POR MEIO DOS EDIFS? CUMPRIMENTOS MANUEL JORGE