...

...

06/02/2015

Lisboa, Capital do Azulejo





















https://www.facebook.com/rosapomar/posts/10153167189162519:0?fref=nf

4 comentários:

Julio Amorim disse...

Para quando este cartaz em aeroportos, postos de fronteira e etc. ??

Anónimo disse...

para quando a atuação da polícia? não vamos colocar o onus nos compradores, a maior parte bem intencionados, mas sim nas entidades que são supostas fiscalizar ilegalidades.

Catarina G. disse...

também se pode colocar o ónus nos compradores. certamente que alguns deles se bem informados não vão querer comprar azulejos.

Anónimo disse...

A mensagem do cartaz embora bem intencionada é muito limitada... então não se pode vender azulejos? Vamos querer destruir uma das industrias mais originais e únicas do nosso pais? Importa distinguir azulejos de proveniência suspeita, de artesanato ou produção industrial legitima!