...

...

19/02/2015

Campo de Ourique selvagem...


Imagens & alerta chegados por email: Nas noites de 6ª feira e sábado a zona pedonal fronteira à Igreja de Santo Condestável em Campo de Ourique é transformada em parque de estacionamento selvagem. Tudo isto acontece mesmo por cima de um parque de estacionamento subterrâneo! Mas em cima dos passeios é mais fácil e gratuito, claro.

11 comentários:

António disse...

Esta impunidade reiterada ao estacionamento indevido está ameaçar a qualidade de vida de Lisboa e dos lisboetas... eu sabia que isto acontecia na baixa e no cais do Sodré todos os dias e com o conhecimento e consentimento da polícia municipal. Não sabia que aqui tb.
Inusitada pressão populacional não prevista de pessoas pouco civilizadas, associada a uma polícia municipal e PSP completamente ausentes dá nisto!

Boa sorte Lisboa (que bem precisas... Estás largada à barbárie).

Anónimo disse...

Então e na noite de Quinta para Sexta-Feira, em que começa o fim-de-semana da bagunça por toda a cidade?

Anónimo disse...

mais uma vez eis a visão imbecil de quem deseja uma cidade morta
o estacionamento do adro da igreja de santo condestável deve se à tentativa de fazer sobreviver o renovado mercado
mas não tardará a fechar
seja porque é essa a vontade de uma minoria que quer lisboa sem restaurantes e sem bares quer porque a própria cml já vive com medo desta febre dos blogs que desajam uma cidade morta
não há pachorra!
lc

Anónimo disse...

Não há pachorra para a imbecilidade, isso não. Para a bagunça, a bandalheira, o incivismo, o salve-se quem puder que quem vier atrás se lixe.

Anónimo disse...

Não se preocupe caro LC, não me parece que a CML tenha medo de blogues.

Anónimo disse...

Há pachorra, porque as pessoas vão ao estrangeiro e não fazem as comparações que devem.
Porque a cidadania e o respeito pelos deficientes, os velhos e as crianças não se aprende na discoteca ou na conversa barata.
Experimentem visitar diariamente o Parque de estacionamento no subsolo.
Conheçam a taxa de ocupação dos diversos andares.
Sabem para que serve o piso menos quatro?
Quando o parque foi construído era para receber em rotatividade o estacionamento da via pública.
Sabem que C. Ourique será na Cidade onde há mais automóveis permanentemente estacionados e de mais elevada cilindrada?
Quantas garagens foram construídas nos últimos 20 anos?
Quantas ruas viram os seus passeios reduzidos por uma risca amarela?
Mas os pobrezinhos dos moradores não podem pagar as avenças, mas não se importam com outros custos supérfluos.
Em que cidades da Europa encontram estes cenários?
Não é com estacionamento primitivo que se dinamiza o comércio.
Querem C. Ourique com uma zona vermelha como Amesterdão e porque não noutros bairros?
Desertifiquem, corram com os moradores e ponham hotéis. A Baixa já é um bom exemplo.
Há pachorra e muita para suportar tanto comportamento terceiro mundismo.
Óptimo trabalho do Blogue.
Mas devem ir visitar as Ruas Carlos da Maia e Azedo Gneco e outras.
A CML queria há anos implementar zonas xpto mas deixou cair a ideia.
Soluções?
Mais transporte colectivo e mais promoção para se construir silos ou garagens. Chega de subterrâneos.
É um negócio da China para os que ficam com a concessão por 30 anos.
E taxar mais os moradores, porque como está não estão interessados em procurar soluções nem de exigir à CML outras soluções.
Para quando disciplinar a Rua Maria Pia?
Deram automóveis aos pobres, em vez de darem escolas.
Uma solução, trânsito num só sentido. Libertar os passeios é urgente.
Mas estas vozes de burra, não chegam ao novo fugitivo.
Viva ao Blogue e parabéns pelo excelente trabalho dado a Lisboa.



Anónimo disse...

ah
mas quando a cml andou a empochar o dinheiro das taxas de edifícios construídos sem garagem para que os patos bravos pudessem vender apartamentos mais baratos não houve ninguém a esganiçar se
memórias curtas...
e já agora como é que alguém pode sair à noite de transportes públicos se não os há na hora de regresso a casa?
para o peditório dos fascistas dos taxistas não dou eu
LC

Anónimo disse...

Vão à Rua Possidónio da Silva. Aí além de estacionamento delvagem, há outros géneros de selvajaria, impulsionados pela venda e consumo de droga. A CML e a PSP nada fazem para combater o tráfico e consumo de droga nesta zona, quem tem, novamente, piorado a olhos vistos. Cada vez há mais violência, e que se vai generalizando pelos arredores. Em breve chegará ao centro de Campo de Ourique. Esperem pela demora!

Joao disse...

Nao creio que seja estacionamento selvagem. O adro da igreja e aberto pela igreja para o devido efeito.
Ja ha problemas suficientes em campo de ourique com o estacionamento, tanto que os moradores tem que por o carro no referido parque subterraneo.
Se todas estas pessoas que estacionam em cima, pusessem o carro no parque, or moradores seriam ainda mais prejudicados do que ja sao.

O que eu acho e que o adro devia ser aberto a noite para moradores, todos os dias. Isso sim era uma medida importante que ia fazer a diferenca na vida quotidiana dos moradores.

Anónimo disse...

a verdade é esta - durante anos Lisboa teve uma noite interessante não apenas para quem cá vivia como para quem a visitava
agora morreu a partir da meia noite
nem um cachorro se come
parabéns a quem destruiu tudo isto
LC

Anónimo disse...

Conhecem Estocolmo à noite ?
A ignorância é defender o estacionamento na via pública ?
Emigrem e levem os automóveis, porque nas cidades da Europa o estacionamento é sempre gratuito.