...

...

14/02/2015

Requalificação do Cais do Sodré e do Campo das Cebolas avança em 2015


In Público (13.2.2015)
Por Inês Boaventura

«O vice-presidente da Câmara de Lisboa diz que a Associação Turismo de Lisboa ainda terá de avaliar se estes investimentos vão ser financiados com verbas da Taxa Municipal Turística.[...]»

7 comentários:

Anónimo disse...

Talvez pedindo umas massas ao Sr. Engº Carlos Santos Silva.

Manuel Marques disse...

Aí vem mais uma boa dose do já tradicional candeeiro em palito e outros elementos dignos de uma Expo ou Polis. Em pleno centro da cidade!

Anónimo disse...

Talvez com as novas taxas do Costa que aparecem na factura da água...

Anónimo disse...

Enquanto isso, tudo o resto onde não há turistas definha e degrada-se a olhos vistos.
Será isto uma capital?
Só se for do 4.º mundo!!

Anónimo disse...

A zona entre o Campo das Cebolas e o Terreiro do Paço não precisa, está muito bem como está. É pena o pessoal da troika ter deixado de passar por ali, devia adorar aquela belezura.

Anónimo disse...

...e a zona entre o Campo das Cebolas e o terminal de cruzeiros (actual ou futuro, para o caso tanto faz) também está um mimo.

Anónimo disse...

E já agora a zona do Martim Moniz e da Almirante Reis. Em pleno centro histórico! Em termos arquitectónicos aquela zona está uma tragédia.
E nem falo da estrutura sociocultural de fracos recursos que vive por ali..