Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

28/08/2013

Jardim abandonado em Telheiras devido a diferendo entre câmara e condomínio


In Público Online (28.8.2013)
Por Marisa Soares

«EPUL geriu espaço até 2012 mas deixou de o fazer, alegando que o jardim é privado, mas de uso público. Moradores contestam.

Palmeiras amarelecidas, oliveiras em agonia, plantas que há muito não vêem água, esqueletos de romanzeiras, canteiros de flores estorricadas pelo sol e lagos de água parada e imunda. É este o estado em que se encontra o jardim da Praça Prof. Rodrigues Lapa, em Telheiras, conhecida como Praça Central. Este espaço ajardinado, rodeado de prédios à excepção da parte que liga ao jardim da estação do Metro, e às ruas envolventes, foi gerido até meados do ano passado pela Empresa Pública de Urbanização de Lisboa (EPUL), actualmente em extinção. Desde então, está ao abandono e tanto a câmara como a administração do condomínio vizinho rejeitam responsabilidades [...]»

2 comentários:

Anónimo disse...

Ah, grande Zé. Nunca me canso de o repetir.

Anónimo disse...

Mais um jardim de todos ao abandono e este com fontes cheias de mosquitos, relva, árvores, plantas, flores, tudo morto... e a piada é que mandam os moradores pagar. Já não basta os impostos municipais?!

Gostava de fazer o que fazem com eles...