Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

12/09/2013

Miradouro do Arco da Rua Augusta recebeu 40 mil visitantes num mês


In Público / LUSA (11.9.2013)

«O miradouro do Arco da Rua Augusta, em Lisboa, recebeu mais de 40 mil visitantes durante o primeiro mês de funcionamento do acesso por elevador. O número foi divulgado esta quarta-feira pela Associação de Turismo de Lisboa (ATL).

O acesso por elevador ao topo do arco, um miradouro com vista privilegiada sobre Lisboa e o Tejo, tornou-se possível há um mês, após uma intervenção que durou mais de meio ano e custou 950 mil euros. Segundo a ATL, o miradouro recebeu, entre 9 de Agosto e 9 de Setembro, uma média de mais de 1300 visitantes por dia.

A subida ao arco pode fazer-se diariamente entre as 9h e as 19h, mas as condicionantes do monumento obrigam a que este só possa ser visitado por um máximo de 35 pessoas ao mesmo tempo. As entradas custam 2,5 euros, sendo gratuitas para crianças até cinco anos.

É ainda possível adquirir um bilhete conjunto, com um desconto de 15%, que permite a entrada no Arco da Rua Augusta e no Lisboa Story Centre, um centro interactivo dedicado à história da cidade de Lisboa, que dá a conhecer aos visitantes os principais momentos da memória colectiva da capital.»

...

Uma boa notícia, claro, independentemente do elevador apenas levar as pessoas até ao último lanço de escada de pedra que sobe desde o Terreiro do Paço à sala do relógio, ou seja, o elevador não leva deficientes motores até ao patamar/miradouro tampouco à sala do relógio, nem tal seria possível sem desfigurar o monumento. Ou seja, teria sido perfeitamente possível poupar-se no elevador uma vez que a escada de pedra do TP à sala do relógio não é estreita por aí além. Enfim, coisas da contra-informação.

Relativamente às nossas preocupações enunciadas aquando da abertura do miradouro ao público (ver aqui), há que aplaudir a remoção dos losangos brancos horrorosos por debaixo do Arco e a recolocação de pedras com tez condigna (ponto 1.4), o que já não é mau.

2 comentários:

Anónimo disse...

Aos fins-de-semana, desse miradouro dá para ver perfeitamente, na direcção do torreão, lá ao fundo, um lindo parque de estacionamento, com arrumadores e tudo, numa magnífica superfície cimentada que é também muito apreciada pelos visitantes da Troika que ali perto passam invariavelmente.

Julio Amorim disse...

Hummm....não seria má ideia tentar detectar mais pontos da "Lisboa desaproveitada" e fazer as coisas render.