Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

20/09/2013

Recordar é viver


Também as ciclovias são uma das conquistas recentes de Lisboa, mesmo que saibamos todos que há umas quantas mal desenhadas, por finalizar, outras, a embater em muros ou em nenhures, outras ainda. E que em muitos dos seus troços, estacionam carros indevidamente, andam peões também indevidamente ou, pior, foram construídas à custa do abate de árvores de grande porte(imperdoável). Mas há um facto indesmentível: Lisboa está mais europeia nesse capítulo. Irrevogavelmente, mesmo.


(Foto: Público)

15 comentários:

Anónimo disse...

Gosto especialmente da "ciclovia" da Ribeira das Naus, naquele piso nem negro que lá colocaram, E ONDE CIRCULA 1 CICLISTA EM CADA 50, circulando os outros todos pelo meio dos peões.

Filipe Melo Sousa disse...

quantas horas tiveram que esperar para que passasse uma bicicleta para tirar a foto?

Anónimo das 8:56 disse...

Bem negro (e não nem negro), como é apanágio da bela calçada à portuguesa que há por exemplo, no Rio de Janeiro.

Anónimo disse...

as ciclovias são um óptimo melhoramento às infraestruturas de lisboa - sem dúvida.
mas em muitos casos, era mais simples e mais barato fazer uma linha contínua a ~1 metro do passeio e aquele espaço era para as bicicletas; nos cruzamentos ou nalgumas rotundas, estas faixas dedicadas às bicicletas ficariam entre as faixas dos carros. é assim que se costuma fazer em muitas cidades europeias. resulta bastante bem e é muito mais barato que construir ciclovias novas (muitas vezes à custa dos passeios!).

Anónimo disse...

E o que é que alguém que vive na Holanda pode dizer sobre Lisboa? Como sabe se passam muitos ou poucos? E mesmo que passem poucos como estimular o uso se não se fizerem as ciclovias? Que atrevimento!

Filipe Melo Sousa disse...

Dizer a verdade não carece de qualquer autoridade. Andar de bike em Lisboa é, e sempre será devido ao relevo da cidade, uma actividade exótica para alguns corajosos.

A.lourenço disse...

Completamente de acordo!

Nuno Ferreira Santos disse...

Por acaso esta foto já tem dois anos e meio, pertence a um artigo que saiu no Publico em 2011
Só foram precisos dez minutos para efectuar a foto reportagem, na qual foram "apanhados" vários ciclistas!

Anónimo disse...

Completamente de acordo com o comentário das 12:27PM. E nessas terras "avançadas" os ciclistas que circulam nessas vias costumam respeitar os semáforos, ao contrário dos que aqui andam à balda por todo o lado, por cima dos passeios, em sentido proibido, sem nenhum sinal luminoso à noite, etc etc. Ou seja, mais um capítulo de bandalheira na bandalheira do trânsito já existente.

JJ disse...

A Ciclovia da duque de ávila é um caso emblemático. Um passeio de dez metros de largura e os peões muito confortáveis na ciclovia, deve ser porque é novo ou porque gostam de tartan.

Anónimo disse...

Os peões andam nas ciclovias porque a CMl teve a esclarecida ideia de proporcionar aos que por lá circulam em BTT um piso muito melhor para se andar a pé que os passeios aos altos e baixos e cheios de pedras soltas.

Filipe Melo Sousa disse...

Aqui nas "terras avançadas" onde vivo, os ciclistas não respeitam semáforos, nem peões nem conhecem regras de estacionamento.

Anónimo disse...

filipe eu até pensei que o comentário era antigo devido à noticia ser antiga. a realidade dos ciclistas lisboetas é outra. vêem-se já muitos até para ir para o emprego, nos fds de bom tempo até há fila de transito de ciclistas

Anónimo disse...

"Andar de bike em Lisboa é, e sempre será devido ao relevo da cidade, uma actividade exótica para alguns corajosos."

------------//---------------

Sr.FMS

Excluído a zona das colinas, Lisboa é plana em mais de 60% da sua área.

Xico205 disse...

E desde quando é que transito é uma coisa saudavel!!!

Hoje que está a chover deve ser ciclistas ás paletes!